Vice-presidente da ANGF comenta estado atual da forcadagem e fala sobre a suspensão dos Forcados da Amareleja (c/som)

A figura do Forcado Amador faz parte da identidade da cultura portuguesa. Actualmente existem mais de 40 Grupos de Forcados Amadores, e há muitos a comentar que são os Forcados que actualmente levam o público às praças de touros portuguesas.

Recentemente em entrevista ao Toureio.pt, o vice-presidente da Associação Nacional de Grupo de Forcados, Tiago Prestes, foi instado a comentar o estado actual da forcadagem, tendo afirmado que “ a nível de actuação, a nível de exibição técnica dos grupos, digo-lhe francamente que hoje é bastante melhor que há uns anos atrás, com certeza que haverá sempre situações a emendar”.

Sobre a recente suspensão do Grupo de Forcados Amadores da Amareleja, Tiago Prestes assegura que esse vai ser um tema que vai estar em discussão na próxima Assembleia Geral da ANGF, afirmando que “esse grupo teve o efeito suspensivo da associação e que neste momento está a ser avaliado pelos dirigentes da ANGF e quando chegarmos à nossa Assembleia Geral vai ser debatido entre todos nós”, não nos adiantando a data da realização da Assembleia Geral, dizendo apenas que “a Assembleia Geral será marcada em tempo breve, estamos à espera da conclusão de alguns trabalhos para apresentar aos associados”.

 

Go to top