Entre os dias 3 e 12 de novembro a localidade ribatejana da Golegã recebeu mais uma edição da Feira Nacional do Cavalo, mais conhecida como Feira de São Martinho (que se realiza desde 1571) e da Feira Internacional do Cavalo Lusitano (há 19 anos).

A feira dispensa grandes apresentações, é um dos maiores eventos anuais do Ribatejo, atraindo milhares de forasteiros, sobretudo estrangeiros e visitantes urbanos que vêm ao campo ver os cavalos. É uma feira sempre repleta de gente nas ruas, de vendedores de castanhas, de espaços de venda de artigos ligados ao mundo rural mas que é também ponto de encontro para muitos amantes da arte equestre. É a principal feira do sector dos cavalos e congrega todos os principais concursos nacionais da Federação Equestre Portuguesa: concurso nacional de saltos, concurso de atrelagem, resistência equestre, Taça de Portugal, campeonato inter escolar, Dressage, TREC, concurso de cavalo de sela, equitação de trabalho, nacional de derbys, horseball, cross por equipas, entre outros É também na feira que se realizam negócios de compra e venda de cavalos e se conhecem as novas tendências de artigos para o sector. O picadeiro do Largo do Arneiro, no centro da vila, é o principal palco das provas, mas este ano, decorrem mais actividades no Centro de Alto Rendimento (saltos, Dressage, equitação à portuguesa, atrelagem e horseball), uma infraestrutura instalada no lado oposto à vila, junto à estrada nacional.

O Toureio.pt esteve na Golegã e mostra-lhe algumas imagens captada por Afonso Bordallo Rodrigues:

Go to top