A Protoiro – Federação Portuguesa de Tauromaquia reuniu no passado dia 10 de janeiro com o Ministério da Cultura, que tutela o setor da Tauromaquia.

Segundo a informação que nos chegou, “a reunião teve como objectivo abordar vários temas relevantes para o setor, tendo sido discutido o desenvolvimento de projectos de valorização do património material e imaterial da cultura tauromáquica e apoios à criação artística, além da necessidade do regresso da taxa de IVA do sector cultural para a taxa reduzida, como forma de potenciar a economia cultural portuguesa e a economia taurina em particular.”

Nesta reunião, “houve ainda oportunidade para fazer um ponto de situação do projeto vencedor do Orçamento Participativo de Portugal, "Tauromaquia, Património Cultural de Portugal" e para abordar o plano estratégico para o setor que a Protoiro está a elaborar, além da necessidade de aumentar a visibilidade da cultura tauromáquica nos canais oficiais do Turismo de Portugal.”, adianta ainda a nota enviada à redação do Toureio.pt.

Ao que sabemos, as recentes propostas parlamentares do BE, PAN e Verdes (chumbadas) e que pretendiam discriminar o IVA dos artistas tauromáquicos e a presença das transmissões televisivas de touradas na RTP foram também temas discutidos na reunião.

O Toureio.pt sabe que esta reunião juntou a Protoiro com um alto responsável do ministério indicado pelo Ministro da Cultura, que foi acompanhado por uma comitiva construída pelo Inspetor-geral da IGAC, um representante da Direção Geral das Artes e outro representante da Direção Geral do Património.

Para a Prótoiro, “a reunião foi produtiva e pretende dar continuidade a um diálogo construtivo com o Ministério da Cultura, potenciando deste modo a atenção merecida por parte da tutela a uma área tão relevante da cultura portuguesa.”

Go to top