10 anos de Tauromaquia / 10 anos de Toureio.pt – com Ana Batista

O Toureio.pt comemora neste mês de Julho 10 anos de atividade continua, para celebrar a efeméride convidou várias personalidades da tauromaquia a comentar estes últimos 10 anos da atividade.

A convidada de hoje foi das primeiras mulheres a tomar a alternativa de cavaleiro tauromáquico e tem ao longo dos anos deixado a sua classe nas arenas portuguesas, falo-vos da cavaleira Ana Batista:

Toureio.pt – O site Toureio.pt nasceu há 10 anos, na sua opinião o que veio acrescentar á tauromaquia portuguesa?

Ana Batista –Todos os órgãos de comunicação social são ferramentas válidas para a promoção e divulgação da Festa de Toiros, mas a verdade é que nos últimos anos a imprensa digital veio implementar uma nova dinâmica à forma de expandir as notícias. O Toureio.pt foi um dos primeiros sites taurinos portugueses, e se existem há 10 anos é porque os aficionados o continuam a consultar. Acredito que o sucesso deve-se à grande afición do Hugo Calado. Estão de Parabéns pelo Vosso trabalho.

Toureio.pt – Em seu entender nestes dez anos passados o que mudou e evoluiu na nossa tauromaquia?

Ana Batista –A sociedade e o mundo estão em constante mudança. A Festa de Toiros vive de ciclos e nos últimos 10 anos uma nova geração de toureiros surgiu com alguma força, o que é bom porque assegura o futuro da Festa de Toiros.

Toureio.pt – O que é que recorda nesta década que de mais positivo se passou no nosso País em termos taurinos?

Ana Batista –Sem dúvida a reabertura do Campo Pequeno. Lisboa sempre teve importância, mas o facto da praça de toiros ter estado fechada vários anos tirou protagonismo à Festa de Toiros. O Campo Pequeno, com o trabalho do Rui Bento Vasquez, conseguiu atrair novas pessoas, fazer novos aficionados e sobretudo oferecer uma nova visibilidade à Festa de Toiros, quer no nosso país quer a nível internacional.

Toureio.pt – Em relação á forma como é comunicada e divulgada, acha que esta múltipla variedade de informação, principalmente a relacionada com as tecnologias de comunicação é benéfica para a festa brava?

Ana Batista –Como disse anteriormente, a imprensa tem um papel importante na divulgação e promoção da Tauromaquia. Mas os toiros são um espectáculo que atrai pessoas de várias classes etárias e sociais, e fazendo parte da nossa cultura, o ideal seria que os jornais nacional também tivessem informação taurina. Agora a verdade é que através das novas tecnologias as coisas sabem-se ao minuto. É uma aliciante estar em cima dos acontecimentos.

Toureio.pt – Além do comentário ao momento atual do nosso panorama taurino, gostaríamos que nos deixasse também uma antevisão na sua perspetiva daquilo que poderão vir a ser os próximos dez anos no que diz respeito á tauromaquia?

Ana Batista –Penso que o que mais preocupa a todos é a crise. Mesmo que a afición seja grande, nem todas as famílias têm possibilidades económicas para irem aos toiros. Mas acho que o segredo do futuro está na qualidade, e todos temos responsabilidade nesse capitulo. Falo por mim, trabalho todos os dias para estar à altura dos grandes desafios e para dar aos aficionados o que eles merecem.

Toureio.pt – Que mensagem quer deixar nestes 10 anos de Toureio.pt?

Ana Batista –Quero ser optimista e quero acreditar que esta temporada vai deixar a todos boas recordações. Pessoalmente, não vou esquecer o que já vivi em Vila Franca e Coruche, mas espero que tanto eu como os meus colegas, no fim do ano, nos possamos sentir felizes. Quanto ao vosso site desejo que continuem a fazer o vosso trabalho de forma seria e apaixonada. 

 

Para ver

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*