10 anos de Tauromaquia / 10 anos de Toureio.pt – com Marcos Tenório Bastinhas

O Toureio.pt comemora neste mês de Julho 10 anos de atividade continua, para celebrar a efeméride convidou várias personalidades da tauromaquia a comentar estes últimos 10 anos da tauromaquia.

O convidado de hoje é um jovem que nas últimas temporadas se tem vindo a afirmar enquanto cavaleiro tauromáquico, com ele transporta um nome incontornável da tauromaquia e foi um dos cavaleiros que tomou a sua alternativa nos últimos 10 anos, trata-se de Marcos Tenório Bastinhas.

Toureio.ptO site Toureio.pt nasceu há 10 anos, na sua opinião o que veio acrescentar á tauromaquia portuguesa?

Marcos Tenório– O toureio.pt abraçou as novas tendências da comunicação. ”Hoje as notícias são publicadas na hora.” Acompanhando o ritmo da sociedade e a globalização dos médios. 

Toureio.ptEm seu entender nestes dez anos passados o que mudou e evoluiu na nossa tauromaquia?

Marcos Tenório– Na tauromaquia como em muitos sectores da “vida moderna”, houve e existe uma transformação constante de mentalidades e gostos. A tauromaquia tem acompanhado essas mesmas transformações. O toureio, o toiro, o cavalo, tudo evolui no sentido de estar em consonância com aquilo que o público pede e aprecia actualmente no espectáculo taurino. Sendo o toureio uma arte, os toureios tem o “dom” e ”uma necessidade constante” também de encontrarem a perfeição. Daí a natural evolução da tauromaquia e do próprio espectáculo. Por exemplo o toiro de hoje, mesmo nos diversos “encastes”, mudou em relação ao de há 10 anos atrás – ou até talvez um pouco menos..os cavalos hoje estão postos e submetidos para um grau de exigência dos toureiros e do toureio, que provavelmente também poucos acreditariam ser possível num passado…não muito longínquo.    

Toureio.ptO que é que recorda nesta década que de mais positivo se passou no nosso País em termos taurinos?

Marcos Tenório– Por exemplo: terem surgido uma multiplicidade de novos toureiros, que hoje alternam com as figuras, proporcionando ao público uma maior e diferente opção de escolha das corridas onde quer estar presente Às empresas uma maior diversidade na confecção dos cartéis. A competição entre novos e veteranos! O que é bastante saudável para a tauromaquia. Porque é também uma via para a atrair…ou fidelizar, um outro público mais disperso do espectáculo taurino e assim criar novos aficionados. A recuperação do Campo Pequeno…a progressiva, ou alguns dos progressos, que se têm vindo a verificar a nível de alterações do regulamento, taurino e claro: “puxando também um bocadinho pelo meu afecto”, a construção do coliseu de Elvas; isto em traços gerais.  

Toureio.ptEm relação á forma como é comunicada e divulgada, acha que esta múltipla variedade de informação, principalmente a relacionada com as tecnologias de comunicação é benéfica para a festa brava?

Marcos Tenório– Acredito que sim. O direito há informação é de todos. A multiplicidade de estilos e opiniões é saudável, sobretudo quando construtivos. Poder estar informado e actualizado diariamente sobre o que acontece a nível da tauromaquia – já que é disso que estamos a falar – em Portugal, assim como dos outros Países taurinos, foi um grande avanço, o que no fundo é a chamada globalização do mundo, das artes, cultura e da sociedade em geral.        

Toureio.ptAlém do comentário ao momento atual do nosso panorama taurino, gostaríamos que nos deixasse também uma antevisão na sua perspetiva daquilo que poderão vir a ser os próximos dez anos no que diz respeito á tauromaquia?

Marcos Tenório– Poderão ser interessantes, desde que saibamos conduzir a festa por um caminho dinâmico e que fomente o interesse das pessoas, quer sejam os mais jovens ou não.- E que acima de tudo abranja toda uma diversidade de indivíduos e mentalidades, que por falta de conhecimento ou transmissão errada de ideias e conceitos, arredaram-se da tauromaquia! Para isso teremos que ser pró-activos; saber extrair, interessar, demonstrar, tudo o que a festa encerra de positivo. Aliás estes aspectos não dizem apenas respeito há festa. Têm também a ver com a sociedade em geral, até porque ambas estão interligadas.      

Toureio.ptQue mensagem quer deixar nestes 10 anos de Toureio.pt?

Marcos Tenório– Os meus parabéns por esta primeira década ao serviço da tauromaquia. Também para o rigor da informação, conceitos e linha, que traçaram para o desenvolvimento do vosso trabalho. Conquistaram já o vosso espaço, há que dar-lhe continuidade. Acredita que o saberão fazer!

Parabéns.     

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*