15 anos de Toureio.pt

Faz hoje precisamente 50 anos que o homem chegou à Lua e, por coincidência ou não, este vosso site, Toureio.pt, comemora 15 anos de existência. Como eu sou daqueles que pensa que nada é por acaso, e analisando bem o simbolismo da chegada à lua e o significado da chegada do Toureio.pt à Tauromaquia portuguesa, até podemos ter aqui algumas semelhanças.

Certamente já estará a pensar, que exagero, que barbaridade está o Hugo Calado aqui a dizer, mas acredite que em certos momentos foi como se um extraterrestre tivesse chegado à Tauromaquia, isto apesar de já terem existido dois sites, o Gabicontoria e ainda Agência Noticiosa Taurina, bem como uma newsletter em PDF que era enviada para o e-mail de alguns aficionados e que depois viria a transformar-se em site, mas foi muito depois, isto apesar de agora se autointitularem como os mais antigos.

Na altura tudo era diferente, tudo era puxado a ferros, não havia as facilidades que hoje existem para se ter o acesso à informação, agora é que tudo parece fácil e até dá para a imprensa fugir da sua função de informar. E emitir comunicados…, mas não, não irei falar mais deste assunto das guerrinhas de fotógrafos, que confesso já começa a chatear.

Hoje é dia de festa e é isso que interessa. Podem perguntar, então e o site não comemora as Bodas de Cristal de forma efusiva, com muita pompa e circunstância? Não. Faremos sim quando celebrarmos os 30 e/ou ks 40 anos de actividade. Agora seria apenas para massajar o ego, e isso já outros o fazem consigo próprios.

Para quem não sabe ou não se recorda, o Toureio.pt  teve origem num trabalho escolar, pois eu com 17 anos, trouxe da escola um trabalho que tinha feito e decidi desenvolvê-lo e dar-lhe vida e consequentemente alimentar uma Paixão que dentro de mim vivia, e vive, a Festa Brava.

Altos e baixos, viveu este vosso site, mas nunca optámos pela subserviência, nem pela bajulação, há quem diga que o Hugo Calado e o Toureio.pt não mandam… e eu pergunto mandar em quê? Nós não queremos mandar, queremos sim ser respeitados não só por quem diariamente nos visita, mas também pelos intervenientes na Tauromaquia e pela restante imprensa (quase inexistente), e como é óbvio, quem não respeitar, também não será respeitado.

Quando trabalhamos no Toureio.pt tentamos ser os melhor profissionais possíveis, no entanto exigimos que com quem trabalhamos também o seja, mas infelizmente na Tauromaquia portuguesa o profissionalismo não impera. E depois desenvolvem ideias boas a serem trabalhadas de forma rudimentar e com pouco conteúdo e profissionalismo, apenas e só para ganhar alguns euros, mas volto a repetir a ideia é boa.

Mas deixemos de lamentar, hoje é dia de festa, dia de comemorar estes 15 anos e para terminar posso-vos garantir uma coisa, se Deus quiser e a saúde o permitir, cá estarei para comemorar-mos mais 15 anos e por ai adiante.

Despeço-me deixando a promessa de regressar aos escritos em breve.

A todos muitos parabéns, estes 15 anos não são nossos, são de todos!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*