“A Ministra não é nem mais culta, nem mais civilizada do que nós, pelo que lhe exigimos respeito”, afirma Luís Capucha

Na sequência das palavras proferidas esta terça-feira na Assembleia da Republica pela Ministra da Cultura, Graça Fonseca, em que afirmou “não é uma questão de gosto, é uma questão de civilização” e por isso mantinha o IVA nos 13%, a Direção da Associação de Tertúlias Tauromáquicas de Portugal já reagiu a estas declarações polémicas da ministra.

A Direção da ATTP, que se intitula como representante dos mais de 2 milhões de portugueses que gostam de toiros, expressou “o total repúdio e a sua indignação face às declaração da Ministra da Cultura que nos trata, cidadãos de pleno direito deste país, como incivilizados, porque nos revemos na cultura tauromáquica”, acrescentando que “por menos demitiu-se o Ministro da Cultura João Soares.

{loadmodule mod_dchtml,PUBTOP (2)}

A Direção da ATTP, presidida por Luis Capucha, vais mais longe e diz que “a Ministra não é nem mais culta nem mais civilizada do que nós, pelo que lhe exigimos respeito e consideração. Se não o pode fazer por fanatismo ideológico, então que saia do lugar que ocupa, que não merece e do qual não está à altura.

Logo após a Ministra da Cultura ter proferido tal afirmação, o Toureio.pt contactou o Secretário-Geral da Prótoiro a fim de prestar declarações sobre este assunto, no entanto até ao momento não obtivemos qualquer tipo de resposta.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*