A Praça de Touros de Viana do Castelo continua com o futuro à deriva

A tradicional praça de touros de Viana do Castelo foi construída em 1948 e teve um período inaugural com várias touradas por ano, no entanto, depois de passar por um longo período de touradas apenas uma vez por ano, o monumento histórico está em estado de abandono desde 2009, e com um futuro incerto até o momento.

Fonte: Portugalíssimo via Facebook

Conforme anunciado pelo jornal o Observador, um movimento de aficionados queria comprar a praça de touros em 2014, de modo a restaurar o esplendor que tinha durante os seus primeiros anos de vida, e transformá-la num espaço multiusos, ressaltando os aspetos culturais das touradas em Portugal. No entanto, tal empreendimento não foi realizado.

Desde há muitos anos, as touradas tem sido uma fonte de inspiração para muitos aspetos da cultura popular, incluindo músicas, incontáveis filmes portugueses e espanhóis inspirados em corridas de touros e nas festas tradicionais desse mundo, e até mesmo alguns dos jogos de slot que podem ser encontrados nos casinos virtuais do GaloBonus, os quais são inspirados por alguns dos pontos mais tradicionais da festa.

A cultura da tourada tem uma representação mais marcante no centro do país, onde a mesma foi declarada Património Cultural Imaterial, enquanto nos municípios do norte de Portugal, como é o caso de Viana do Castelo, este ponto da cultura ibérica não é reconhecido, fazendo com que as corridas de touros fossem reduzidas há alguns anos a apenas um evento por ano dentro deste complexo, para a romaria da Senhora d'Agonia.

Após a primeira proposta de recuperação do espaço da praça de touros de Viana do Castelo em 2017, o jornal desportivo Récord anunciou a reconversão da mesma num complexo desportivo denominado "Praça Viana".

Para a nova proposta, foi considerada a transformação da arena numa estrutura multi-funcional, onde desportes como basquetebol, ginástica ou patinação artística poderiam ser praticados simultaneamente, com destaque para uma pista de atletismo elevada a 10 metros de altura com vista panorâmica do município de Viana do Castelo e um telhado que permitiria a sua utilização apesar das condições meteorológicas adversas.

A fim de conseguir a transformação da estrutura abandonada num moderno complexo desportivo, seriam necessários investimentos públicos e privados, razão pela qual um concurso público foi lançado para que o governo pudesse receber propostas da iniciativa privada.

A proposta do governo custaria 3,5 milhões de euros e teria início em junho de 2018. No entanto, ao final do prazo do concurso, nenhuma proposta da iniciativa privada para renovar a praça de touros de Viana do Castelo foi recebida.

A falta de interesse pela reconversão da praça de touros de Viana foi anunciada pelo jornal Expresso, salientando que o governo do município reavaliaria a proposta feita à iniciativa privada, e procuraria criar um novo concurso ajustado aos preços de referência do mercado, com o objetivo de atrair interessados no projeto do complexo desportivo "Praça Viana".

Fonte: Pixabay.com

O futuro da praça de touros históricos de Viana do Castelo continua incerto, aguardando que a iniciativa privada encontre uma proposta mais atrativa do município para poder investir no projeto do futuro complexo desportivo.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*