Associação Nacional de Grupos de Forcados acusa uma empresa de falta de pagamento e anuncia que os seus associados não aceitarão pegar para essa empresa

Foi através de um comunicado emitido no final desta semana, que a Associação Nacional de Grupos de Forcados anunciou que os Grupos associados “deixam de aceitar convites” da empresa Derechazo.

Um comunicado que passamos a transcrever na íntegra:

“A empresa “DERECHAZO Sociedade Empresarial de Tauromaquia, Lda” não cumpriu com pagamento do montante de 1.250,00€ (mil duzentos e cinquenta euros) relativos à contratação do Real Grupo de Forcados Amadores de Moura, na corrida de toiros de 12 de setembro de 2015 em Moura.

Acrescentamos que o cabo do Real GFA de Moura tudo tentou para que este pagamento fosse regularizado, sendo que o mesmo foi prometido ser liquidado pelo empresário até ao passado dia 16 de setembro.

Infelizmente o empresário Sr. Arnaldo Santos deixou de atender os telefonemas do cabo nem, até esta data, regularizou o valor em dívida perante o Real Grupo de Forcados Amadores de Moura.

Por este facto e de acordo com os Estatutos e Regulamento Interno da ANGF, os Grupos de Forcados associados na ANGF deixam de aceitar convites para pegarem para espetáculos organizados por aquela empresa, ou por qualquer outra onde o Sr. Arnaldo Santos esteja envolvido.

A Direção da ANGF.”

Para ver

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*