Bolota esclarece caso da Póvoa de Varzim e diz que estão a”fazer uma tempestade num copo de água”

O empresário João Pedro Bolota, veio esta quinta-feira (12 de maio) esclarecer publicamente qual a posição da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim em relação à praça de touros local.

Bolota afirma que “estão a fazer uma tempestade num copo de água sobre uma deliberação do Município de Povoa de Varzim a propósito da Praça de Toiros local, propriedade desse mesmo Município”.

O conhecido empresário afirma ainda que “o Município de Povoa de Varzim através da empresa municipal Varzim Lazer sempre cobrou a respectiva renda para que ali se pudessem efectuar Corridas de Toiros.”, acrescentando que “havia excepções apenas para a Casa do Pessoal da RTP e para o Clube de Caçadores de Estela que organizavam as suas corridas em parceria com empresas creditadas na APET.”

O antigo Forcado disse ainda que “a decisão de que todos passem a pagar renda é discutível mas legitima e uma posição que se compreende.”

 

Para ver

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*