Câmara de Montemor-o-Novo atribuiu nome do Grupo de Forcados a uma rua. Autarca diz que “Nós valorizamos as nossas culturas e tradições locais” (c/som)

Como o Toureio.pt noticiou, este domingo (8 de Março), decorreu a cerimonia de descerramento das placas toponímicas que atribuem o nome do Grupo de Forcados de Montemor a uma rua.

Uma rua localizada próximo da praça de touros de Montemor-o-Novo, onde já se viveram grandes tarde de glória.

Na cerimónia marcou presença a Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, Hortensia Menino, bem como todo o executivo camarário, o Cabo dos Forcados de Montemor, António Vacas de Carvalho, bem como vários elementos do grupo tanto actuais como velhas glórias.

Na sequência desta cerimónia o Toureio.pt falou com a Presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo, Hortênsia Menino, que começou por explicar que a atribuição do nome do Grupo de Forcados a esta rua significa “dar seguimento a uma decisão da Comissão Municipal de Toponímia que aprovou esta proposta e significa o reconhecimento e valorização das actividades que o grupo tem desenvolvido e que é uma expressão da cultura popular e tradicional aqui de Montemor-o-Novo. Portanto demos seguimento a isso, dando reconhecimento ao papel que o grupo de forcados tem tido em levar o nome de Montemor-o-Novo mais longe.”

Sobre o facto deste grupo de forcados levar o nome de Montemor aquém e além-fronteira, a autarca volta a frisar que “a atribuição deste topónimo, que ficará a fazer parte da história de Montemor, é o reconhecimento de uma expressão pública desse mesmo trabalho e dessa valorização da nossa cidade e do trabalho que têm feito pela nossa cidade.”

Questionada sobre o facto da autarquia ter tido a coragem de avançar com esta atribuição de nome a uma rua, numa altura em que as Touradas é um tema controverso na opinião publica, Hortênsia Menino é parca em palavras, dizendo apenas que “nós valorizamos as nossas culturas e tradições locais. É o que tenho a dizer.”