Campo Pequeno homenageia esta quinta-feira José Mestre Batista

A Praça de Touros do Campo Pequeno receberá já esta quinta-feira, uma corrida de touros de homenagem a uma grande figura da Festa Brava, José Mestre Batista.

Batista foi um dos cavaleiros mis importantes da história da tauromaquia portuguesa, influenciando muitos deles, cujo grande objectivo artístico era "cravar ferros à Batista". Muitos conseguiram-no, outros ficaram pelo desejo… mas a recordação dos "ferros à Batista" perdura na saudade de aficionados e artistas.

Essa figura ímpar é homenageada nesta corrida em cujo cartel figuram os seus dois últimos afilhados de alternativa, os cavaleiros Joaquim Bastinhas e Rui Salvador, bem como os matadores Juan Bautista, francês, filho do cavaleiro Luc Jalabert, também afilhado de alternativa de Mestre Batista e o espanhol Juan del Álamo. Bautista é uma das grandes figuras do momento, ao passo que Juan del Álamo é um dos jovens valores mais firmes do panorama internacional do toureio a pé.

Pegam os forcados amadores do Ribatejo e de Monsaraz. Serão lidados 4 toiros de Luis Rocha, para cavalo e 4 de Falé Filipe para pé. Uma corrida de 8 toiros como aquelas em Mestre Batista se fez grande figura do toureio.

Antes da corrida, decorrerá um grande espetáculo de Cante Alentejano e Fado com a participação dos fadistas António Pinto Basto, Teresa Tapadas e Gustavo, e do Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz. De seguida, Emeletina Batista, viúva do grande cavaleiro, juntamente com o Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz farão a doação de uma casaca de José Mestre Batista ao Museu do Campo Pequeno. No intervalo da corrida será, ainda, descerrada uma placa evocativa desta grande figura do toureio equestre.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*