Campo Pequeno: Noite de expetativa termina num empate

Corrida de triunfadores medindo forças num mano a mano entre dois grandes toureiros representantes das mais importantes dinastias toureiras Portuguesas. 

João Moura Jr abriu a noite perante um toiro de António Charrua nobre e com investidas templadas; brindou a sua lide ao público e lidou com maestria o primeiro da noite: exímio na forma como bregou : cravou e rematou as sortes: uma lide templada que agradou às bancadas, foi premiado com volta que deu acompanhado do forcado Luís Sepulveda dos forcados de Santarém que executou à segunda tentativa a primeira pega da noite.

João Telles Jr andou valente no seu primeiro que pertencia à ganadaria de Pinto Barreiros; um toiro que investiu toda a lide e que apenas pecava em adiantar-se um pouco; uma atuação de menos a mais com grandes momentos de toureio e a colocar bem alta a fasquia deste "duelo" ; Francisco Borges dos amadores de Montemor efetuou rija pega à primeira tentativa;  ambos os artistas foram premiados com volta. 

João Moura Jr brindou a sua segunda lide ao treinador José Peseiro; "Escopeta" assim se chamava o terceiro da noite e que pertencia à ganadaria de Murteira Grave; um toiro reservado e que pregava arreões de manso; Moura Jr lidou-o de forma inteligente deixando ferros de boa nota numa atuação em que esteve e muito por cima do seu oponente; terminou em bom plano e foi premiado com volta acompanhado do forcado Lourenço Ribeiro dos amadores de Santarém que executou rija e correta pega ao primeiro intento.

João Telles Jr abriu a segunda parte da corrida perante um toiro de António Charrua que pouco transmitia; uma atuação positiva onde teve que ser João a colocar aquilo que o toiro não tinha; João da Câmara dos amadores de Montemor pegou à primeira tentativa o quarto toiro da noite. Os dois artistas deram volta de agradecimento.

João Moura Jr  arriscou na forma como recebeu o toiro de Pinto Barreiros à porta gaiola; nota alta nos dois compridos que cravou; nos ferros curtos a coisa não começou da melhor forma mas ainda assim a atuação obteve nota positiva; tendo Moura Jr obtido os maiores aplausos no final da lide vá segunda série de ferros de palmo que cravou em sorte de "caracoleio". João Brito fechou a noite para os amadores de Santarém com uma pega à segunda tentativa,  numa noite em que a Empresa do Campo Pequeno atribuiu o galardão prestígio ao grupo Scalabitano pela passagem dos cem anos a pegar toiros.

João Telles Jr brindou a última lide da noite a mais um Jr , seu primo Tristão Ribeiro Telles; e em noite de competição e rivalidade sem querer ficar para trás, também ele recebeu o toiro de Murteira Grave à porta gaiola; uma lide com altos e baixos onde Telles Jr cometeu praticamente os mesmos erros que Moura Jr  na sua última lide; o toiro de Murteira Grave foi bravo mas a lide apesar de ter momentos de bom toureio acabou por não romper. 

Frederico Caldeira dos amadores de Montemor brindou a sua pega aos dois cavaleiros, tendo- se fechado com uma grande pega ao primeiro intento.

Todos os artistas foram premiados com volta e escutaram música (hoje pela Imparcial de Alcochete) atribuída pelo Sr Director Pedro Reinhart que dirigiu com máximo acerto. 

O público preencheu com três quartos de entrada uma corrida onde ficou por acontecer aquela lide e aquele momento,  para que de forma clara pudéssemos mencionar um triunfador; a temporada prossegue e certamente os dois Jrs vão dar tudo por tudo para chegar a esse ambicioso título de máximo triunfador.

 

Para ver

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*