Sábado, Julho 13, 2024
Publicidade
InícioNotíciasCampo Pequeno: Rouxinol, Gonçalves e Palha frente a Pinto Barreiros

Campo Pequeno: Rouxinol, Gonçalves e Palha frente a Pinto Barreiros

No concurso de pegas, que se realiza a 19 de Julho, no Campo Pequeno, actuarão os cavaleiros Luís Rouxinol, Filipe Gonçalves e Francisco Palha. Damos a conhecer um pouco do percurso de cada um dos cavaleiros.

Luís Rouxinol

O cavaleiro Luís Rouxinol é um dos grandes nomes do toureio a cavalo da transição do século XX para o século XXI. Tem 31 anos de Alternativa (Santarém 10 de Junho de 1987), mas a sua apresentação ao público ocorreu com apenas 9 anos de idade, na Praça de Toiros de Paio Pires.

Herdeiro do sonho de seu pai, Alfredo Vicente que era ser cavaleiro tauromáquico, Luís Rouxinol transmitiu a sua realidade ao filho Luís Rouxinol Júnior, a 20 de Julho de 2017, quando lhe concedeu a alternativa, no Campo Pequeno.

 

Filipe Gonçalves

Natural de Ferreiras, concelho de Albufeira, descende de uma família sem tradições Tauromáquicas. Recebe lições de Jorge d’Ourique, Manuel Jorge de Oliveira e, mais tarde de João Salgueiro, chegando à prova de praticante em Outubro de 1998 (Riachos).

A 22 de Maio de 2005, na Praça de Toiros Daniel Nascimento – Moita do Ribatejo, recebe a Alternativa das mãos João Moura, sendo testemunha Rui Fernandes, frente a toiros da ganadaria Ortigão Costa.

De então para cá tem actuado nas mais diversas praças de Portugal, Espanha, França e América, ao lado das principais figuras do toureio mundiais, arrastando atrás de si multidões de admiradores não só do Algarve, mas de outras zonas do país, para assistirem às suas exibições.

 

Francisco Palha

Para assinalar a sua actuação no Campo Pequeno, no próximo dia 19, quinta-feira, o cavaleiro Francisco Palha oferece um "mimo", no acto de aquisição de bilhetes para a corrida. Trata-se de uma fita de pulso com as iniciais do cavaleiro, que pretende assim assinalar a sua vinda à monumental de Lisboa.

Francisco Palha chega ao Campo Pequeno embalado por uma série de triunfos que fazem dele um dos cavaleiros com uma das mais interessantes trajectórias artísticas, no decurso desta temporada.

Oriundo duma família com fortes raízes na tauromaquia portuguesa, Francisco Palha desde cedo sonhou ser cavaleiro; sonho esse que concretizou através da alternativa, tomada no Montijo a 31 de Julho de 2009, com António Ribeiro Telles como padrinho e Diego Ventura como testemunha.

Francisco Palha tem desenvolvido a sua carreira em Portugal, Espanha, França e Estados Unidos (Califórnia). Com paixão, dedicação e uma enorme vontade de crescer, Francisco vive o seu dia-a-dia batalhando por um percurso sempre e cada vez melhor, pois ele próprio o diz: "Ser toureiro é o que me faz feliz".

 

Actuam ainda os forcados amadores de Cascais, Chamusca e Ribatejo perante touros da ganadaria Pinto Barreiros, a "matéria-prima" para o Concurso de Pegas de Caras que se realizará nesta corrida. Antes da corrida exibir-se-á a "Marcha da Mouraria", que escolheu este ano para o desfile na Avenida da Liberdade, na noite de 12 de Junho, o mote "Mouraria, a Tourada é o Teu Fado".

Publicidade
Publicidade

Últimas