Coruche: Em noite de boa estreia da Ass. Nossa Praça, destacou-se Francisco Palha

Por tradição, é no 17 de Agosto que a Praça de Touros de Coruche recebe uma corrida de touros, mas devido às contingências provocadas pela pandemia que o mundo atravessa, a Associação Nossa Praça promoveu dois espetáculos.

No primeiro, a 16 de Agosto, actuaram os cavaleiros Manuel Telles Bastos e Francisco Palha, bem como os Forcados Amadores de Coruche, frente a touros de Veiga Teixeira e António Silva.

Foi uma noite agradável, a que se viveu este domingo em Coruche.

Relativamente aos touros de Veiga Teixeira e António Silva, saíram à arena bem-apresentados e na generalidade cumpriram.

Abriu a noite Manuel Telles Bastos que começou a sua primeira actuação com uma sorte gaiola que resultou bem, para depois desenrolar uma boa lide, em que preparou, executou e rematou bem as sortes, bem ao seu estilo. A segunda lide não foi a que certamente desejaria, algumas passagens em falso, numa actuação com pouca ligação, mas que ainda assim fica o esforço do cavaleiro para que as coisas resultassem.

Francisco Palha na sua primeira lide teve pela frente um toiro que tinha alguns problemas de visão e que reagia à voz, mas o cavaleiro entendeu-o e soube, e bem, ultrapassar as dificuldades e depois de ultrapassadas viram-se bons ferros, numa lide que resultou bem. Na segunda lide voltou a estar em bom plano, iniciando-a com uma sorte gaiola e a partir dai desenhou uma boa actuação, com bons ferros em sortes frontais e que agradou ao público.

No que diz respeito às pegas dos Amadores de Coruche, pode-se dizer que a noite valeu pelo valor dos forcados da cara. Pegaram José Tomás, à primeira tentativa, João Prates, à quarta tentativa, Miguel Raposo, à primeira e António Tomás, à terceira tentativa.

O espetáculo foi dirigido, sem problemas, por Marco Cardoso assessorado pelo Médico Veterinário José Luís Cruz.

Destaque desta noite para a forma com que a corrida estava organizada, no que às regras impostas pelas Autoridades de Saúde. A praça estava exemplarmente organizada e os assistentes que estavam nas portas estavam muito bem preparados para ajudar o público a chegar ao seu devido lugar e a cumprir as regras.

Em suma, nota muito positiva para a Associação Nossa Praça que assim se estreou à frente dos destinos da Praça da Capital do Sorraia. Não podemos esquecer que, apesar de ser constituída por pessoas ligadas à festa, trata-se de uma Associação mas que foi exemplo para alguns empresários…