Covid-19: Como poderá a cultura retomar a actividade após a paragem? Primeiro Ministro dá as primeiras indicações

O Primeiro Ministro, António Costa, concedeu uma entrevista ao Jornal Expresso, que foi publicada na edição deste sábado e onde já deu algumas indicações de como a cultura poderá iniciar em Maio, após esta paragem devido à pandemia da Covid-19.

Apesar de não ter indicado uma data certa para que se inicie gradualmente a actividade cultural, o Primeiro Ministro revelou que em Maio “a aglomeração não vai poder existir”.

Sobre os espetáculos, António Costa referiu que será mais fácil reabrir os equipamentos com “lugar marcado”, dando o exemplo do cinema, onde “a lotação é restrita, os lugares passam a ser todos marcados, só podem vender bilhetes de duas em duas filas, de três em três cadeiras”.

Sobre os campeonatos de futebol, o Governante admitiu que seja possível concluí-los “à porta fechada ou só com os lugares cativos distribuídos pelo estádio”.

Sobre os espetáculos tauromáquicos, uma vez mais o chefe de Governo não dedicou uma palavra.

As possibilidades apresentadas para o cinema e para o futebol, tornam-se praticamente inviáveis num espetáculo tauromáquico.

De salientar ainda que muitos espetáculos tauromáquicos que se realizam em Portugal, estão por norma associados a uma festividade e pelo menos até Julho, autarquias e comissões de festas cancelaram praticamente todos os festejos.