“Dizem que os lidam em Coruche mas em Vila Franca já não os lidam, dizem que em Vila Franca eles apertam muito”, diz João Folque (c/som)

Foto: D.R.

Foto: D.R.

Coruche recebeu este domingo um mano-a-mano entre Francisco Palha e Luis Rouxinol Jr, perante touros da ganadaria Palha.

O Toureio.pt falou com o ganadeiro sobre a corrida deste domingo em Coruche, na qual saíram touros da ganadaria Palha à arena.

“Acho que foi uma boa corrida, correu bem, foi uma pena este sexto touro ter partido o corno porque era um touro no qual eu tinha especial fé nele. Os cavaleiros estiveram bem, o Francisco Palha esteve extraordinário no quinto touro, e eu acho que é uma corrida para fazer afición” começou por dizer, antes de explicar o motivo de haver poucos touros Palha nas arenas portuguesas, “porque temos poucos touros e não apresentamos touros de qualquer maneira”.

Já quanto ao facto de estes touros trazerem emoção à festa e colocarem dificuldades aos cavaleiros disse que “eles têm receio mas não há razão para isso. Eles dizem que os lidam em Coruche mas em Vila Franca já não os lidam, dizem que em Vila Franca eles apertam muito”, sendo ainda confrontado com o facto de durante a corrida ter dito que faltavam cavalos para lidar estes touros, esclarecendo que “é possível. E faltam também toureiros. Aqui em Coruche viram-se momentos em que eles não estavam à espera disto”.

 

Para ver

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*