Crónicas

Elvas: Noite agradável na primeira corrida do São Mateus

O Coliseu de Elvas acolheu, este sábado, a primeira corrida de touros do São Mateus.

Lidaram-se touros de Murteira Grave, pelos cavaleiros Luis Rouxinol, Marcos Bastinhas e Francisco Palha, com as pegas a estarem a cargo dos Forcados de Montemor e Académicos de Elvas.

Luís Rouxinol abriu a corrida inaugural da feira taurina de São Mateus em Elvas.Cravou três ferros compridos de boa nota, o primeiro curto foi de nota bem elevada, aplausos logo na brega, aguentou a investida e cravou no sítio, uma lide positiva, mas que veio um pouco a menos no final, rematou com um ferro de palmo e foi premiado com volta.

Marcos Bastinhas brindou ao público a sua primeira lide, porta gaiola sem o toiro a corresponder, uma lide que chegou forte às bancadas, cites de largo e ferros de boa nota com batidas ao piton contrário, rematou com o tradicional par de bandarilhas e foi premiado com volta.

Francisco Palha brindou a Marcos e ao céu à memória de seu Pai, o saudoso Joaquim Bastinhas, Francisco teve que citar nos médios para que o seu primeiro saísse à arena, cravou o primeiro comprido em sorte de gaiola, tendo uma lide onde esteve por cima do seu oponente, ferros de boa nota terminando com dois ferros de palmo, foi premiado com volta.

Luís Rouxinol teve pela frente um encastado toiro que pedia contas, esteve bem o cavaleiro de Pegões, que cravou ferro de boa nota, terminou com um bom par de bandarilhas e com um ferro de palmo que pouco acrescentou à sua atuação, foi premiado com volta.

O quinto da noite foi um manso encastado que permitiu uma grande lide a Marcos Bastinhas, cites de largo e entrar pelo toiro e a cravar no sítio, quiebros e o tradicional par de bandarilhas em terrenos de compromisso. Foi premiado com volta.

Francisco Palha fechou a noite com um toiro complicado, a que o jovem cavaleiro soube dar a volta cravando bons ferros e agradando ao respeitável, foi premiado com volta.

As pegas estavam a cargo dos Forcados Amadores de Montemor e Académicos de Elvas. Pela formação de Montemor pegou Vasco Ponce ao primeiro intento, o enorme Francisco Borges executou duas extraordinárias e emotivas tentativas, efetivando com estoicismo à quarta, José Maria Cortes fechou a noite pelo grupo de Montemor com uma boa pega à segunda tentativa.

Pelos Académicos de Elvas, abriu a noite Gonçalo Machado, que se despediu depois de boa pega ao primeiro intento, João Bandeiras também numa grande pega ao primeiro intento. No último da corrida João Restolho saiu lesionado depois de duas tentativas, foi dobrado por Luís Carvalho que também se lesionou na tentativa que efetuou, o problema foi resolvido com valentia por Samuel Silva.

O curro de toiros da ganadaria Grave, bem-apresentado, encastados, pediu contas aos artistas, por vezes tardos nas investidas, mas arreavam e acometiam com vontade, terminaram quase todos eles com boca fechada.

O público preencheu três quartos das bancadas do coliseu Elvense.

Uma corrida superiormente dirigida por Agostinho Borges coadjuvado pelo Médico Veterinario, José Miguel Guerra.

Redação

Recent Posts

Vila Viçosa: No último adeus a José Trincheira ouviram-se “Olés”

O matador de touros português José Trincheira, foi sepultado esta quarta-feira em Vila Viçosa, no…

1 mês ago

Tauromaquia de luto: Faleceu o matador José Trincheira

Faleceu, na madrugada deste sábado, o toureiro alentejano José Trincheira, mais conhecido pelo “Leão do…

1 mês ago

Futebolistas Populares em Portugal (2022/2023)

Sensivelmente desde o início do século XXI que o Futebol em Portugal vem adquirindo contornos…

1 mês ago

Redondo quase encheu para a corrida da Feira de S. Francisco. Veja as imagens

O Coliseu de Redondo recebeu, esta quarta-feira (5 de outubro) uma corrida de touros à…

2 meses ago

Luzes e sombras da Tauromaquia

Não sou saudosista, daqueles que dizem e repetem à exaustão, “no meu tempo é que…

2 meses ago

Chamusca: Festa taurina de sexta-feira a domingo

A vila da Chamusca recebe, a partir de sexta-feira e até domingo, a 8.ª edição…

2 meses ago