Em Bencatel quem mandou foram os touros…

A localidade de Bencatel, no concelho de Vila Viçosa, tem por tradição no mês de maio receber uma festa taurina promovida pela Associação Amigos da Festa /Grupo de Forcados Amadores de Bencatel, uma festa que este ano foi adiada devido à chuva para o fim-de-semana que agora findou.

Na sequência desta festa taurina, realizou-se no passado sábado (2 de junho) um festival taurino a reverter para o fundo de assistência do Grupo de Forcados de Bencatel, um espetáculo que resultou agradável e que contou com mais de meia casa.

De parabéns está a organização deste festival, que tentou por tudo elevar o nível desta praça, algo que nos últimos anos não tem sido tido em conta, e talvez por isso o publico se afastou um pouco desta castiça praça, mas que depois deste espetáculo via regressar numa próxima oportunidade.

Foi escolhido para este festival um curro de touros de Rodolfo André Proença, com cinco anos e de uma apresentação irrepreensível e que por vezes falta em certas corridas. Em termos de comportamento os cinco astados lidados saíram sérios, a pedir contas, ou seja, no geral a dar emoção ao aficionado que estava nas bancadas.

Nesta tarde atuaram os cavaleiros Tito Semedo, Francisco Cortes, Sónia Matias, Ana Batista e Marcelo Mendes, destacando-se a cavaleira Ana Batista que realizou uma boa lide, numa tarde em que a ferragem ficou sempre algo dispersa nos touros.

No que diz respeito aos forcados a tarde foi de pegas rijas, pelo grupo da casa pegou, Micael Barradas à primeira tentativa, o cabo Ivo Rocha que depois de duas rijas tentativas, fechou-se à terceiro, sendo que para o último foi à cara Nelson Aldeaga que após uma tentativa foi dobrado por Ricardo Prior que se fechou à sua segunda.

Pelo grupo de Riachos foram cara, Orlando Silva que se fechou à primeira e Joel Santos também à primeira.

De salientar que o espetáculo iniciou-se com um minuto de silêncio em memória do matador de touros recentemente falecido El Pana, este que sofreu uma aparatosa colhida em maio.

O espetáculo foi dirigido pelo Sr. Agostinho Borges.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*