Quinta-feira, Agosto 11, 2022
Publicidade
InícioCrónicasEm Garvão venceu Tito Semedo e os Amadores de Monsaraz

Em Garvão venceu Tito Semedo e os Amadores de Monsaraz

A Praça de Touros de Garvão, no concelho de Ourique, recebeu este sábado (13 de maio) uma corrida de touros à portuguesa por ocasião da Feira Anual, um espetáculo que contou com ¾ de casa.

Muitas vezes arranjam-se vários fatores para a pouca adesão de publico às corridas, ora é o futebol, ora é uma corrida à mesma hora, ora é o tempo, tudo manobras de diversão, pois o exemplo de Garvão é claro, que quando as pessoas têm intenção de ir a um sitio, vão, mesmo que haja outros aliciantes. Neste dia 13 de maio ocorriam as cerimónias religiosas de Fátima, havia um jogo de futebol que consagrava o Benfica campeão, mas nada disso distraiu os aficionados que preencheram ¾ das bancadas desta praça de touros, o que significa que queriam mesmo ir à corrida de touros. Fica o exemplo para reflexão.

Lidaram-se neste festejo seis astados da ganadaria São Martinho, que saíram com apresentação adequada para a praça e a darem bom jogo no geral.

Luís Rouxinol abriu praça. Começou por realizar uma boa lide, aproveitando o touro que teve pela frente, uma lide que mesmo assim que não chegou ao publico como outras atuações de Rouxinol, mas ainda assim esteve em tom elevado. A segunda lide foi mais morna, pois o touro que teve pela frente era manso e dificultou o labor do ginete de Pegões.

Tito Semedo esteve em plano elevado na sua primeira lide, pois logo cedo chegou ao publico, tal facto empolgou o cavaleiro, que realizou uma lide em crescendo, deixando bons ferros. A sua segunda atuação, já não teve a elevação da primeira, valeu apenas pelo esforço de Tito Semedo.

Já Sónia Matias realizou duas lides com altos e baixos, perante dois touros que tinham muito mais para dar, caso a cavaleira tivesse andado com mais ligação com os oponentes. Ainda assim a sua boa conexão com o publico.

No que diz respeito às pegas, a tarde foi fácil para quem não complicou e difícil para quem cometeu erros, pois estes touros não admitem erros e quando estes acontecem, a papeleta complica-se. Pelos Amadores do Ribatejo pegaram Rafael Costa à primeira e Ricardo Jorge à segunda, pelos de Cascais, João Sepúlveda com uma rija pega ao primeiro intento e Carlos Dias à quartae pelos Amadores de Monsaraz Carlos Polme e Luís Rodrigues, ambos à primeira.

Estava em disputa o Troféu para a melhor lide que foi entregue à primeira lide de Tito Semedo e o Troféu para melhor Grupo em Praça, que foi entregue aos Amadores de Monsaraz.

Esta corrida teve a direção de Agostinho Borges assessorado pelo Dr. Matias Guilherme.

[/pb_text][/pb_column][/pb_row]

Publicidade
Publicidade

Últimas