Espanha: Policia detém antitaurinos por insultos a criança com cancro que quer ser toureiro

A Guardia Civil Espanhola deteve esta sexta-feira dois indivíduos por alegados comentários insultuosos dirigidos ao pequeno Adrián, a criança com cancro e que sonha ser toureiro.

As detenções ocorreram em San Sebastian e em Cullera (Valencia), tendo os arguidos, de 21 e 33 anos, sido acusados dos crimes de ódio, injúrias e atentado contra a integridade moral.

Recordamos que os comentários, agora considerados crimes, foram postados nas redes sociais, na sequência do festival realizado a favor do pequeno Adrian, no dia 8 de Outubro.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*