Sábado, Maio 25, 2024
Publicidade
InícioCrónicasÉvora: Entretido espetáculo, num concurso onde saiu vencedor um touro Veiga Teixeira

Évora: Entretido espetáculo, num concurso onde saiu vencedor um touro Veiga Teixeira

O toiro da ganadaria Veiga Teixeira ganhou os troféus em disputa, bravura e apresentação, no 57º concurso de ganadarias de Évora. Foi o primeiro da tarde lidado por Luis Rouxinol que o recebeu á porta gaiola; a música tocou logo depois do primeiro ferro curto, uma actuação do cavaleiro de Pegões que coincidiu com a qualidade do toiro. O seu segundo foi um toiro da ganadaria Passanha que pouco se empregou, ao qual Rouxinol teve que puxar dos galões para lhe sacar lide.

João Moura Caetano também teve uma noite triunfal em Évora, primeiro perante um toiro da ganadaria de Cunhal Patrício tendo-lhe aproveitado as francas investidas para citar de praça á praça e cravar ferros de nota alta, numa actuação para aficionados. O segundo que lidou pertencia á ganadaria de David Ribeiro Telles e mais uma vez proporcionou uma grande actuação ao cavaleiro de Monforte.

João Telles Jr lidou em primeiro lugar um toiro da ganadaria de Branco Núncio, que falhava um pouco nos momentos da reunião, o que tirava um pouco de brilho às sortes, uma actuação positiva rematada com dois ferros em sorte de violino. O segundo de Telles Jr e último da noite trazia o ferro da ganadaria de Pinto Barreiros; permitiu maior luzimento ao cavaleiro da Torrinha, o que fez que esta corrida terminasse em bom plano.

As pegas estiveram a cargo de dois grupos de forcados alentejanos; Amadores de Montemor, que efectivaram as suas três pegas ao primeiro intento, por intermédio do cabo António Vacas de Carvalho, Manuel Ramalho (na pega da noite) e Francisco Borges.

Pelos amadores de Évora, abriu a noite Dinis Caeiro ao primeiro intento, João Pedro Oliveira e Ricardo Sousa pegaram ambos ao segundo intento.

Uma corrida dirigida pelo Sr. Agostinho Borges e com contou com cerca de ¾ de casa preenchida.

Publicidade
Publicidade

Últimas