Feira da Golegã já a partir de sexta-feira

Centenas de milhares de visitantes são esperados, a partir de sexta-feira, na Feira da Golegã, evento que decorre até 11 de novembro e que integra a 38.ª Feira Nacional do Cavalo e a 15.ª Feira Internacional do Cavalo Lusitano.

Com um investimento de 70 mil euros e em vésperas de São Martinho, a vila ribatejana volta a acolher criadores de cavalos, provas desportivas e atividades destinadas aos apreciadores do mundo equestre, num certame onde o cavalo domina, cruzando tradição com negócio.

À feira franca, que se desenvolve por toda a vila, dirigem-se todos os anos centenas de milhares de pessoas que esgotam a capacidade de oferta hoteleira da Golegã e de vilas e cidades vizinhas.

Nestes dias, a vila enche-se de carros, barraquinhas de venda de todo o género de produtos (com destaque para os da fileira do cavalo), restaurantes improvisados em pátios e garagens, cavalos, amazonas, cavaleiros e atrelagens.

Durante o certame, dedicado também a São Martinho, haverá lugar a exposições, colóquios, concursos de atrelagem, apresentação de cavalos puro-sangue, apresentação de cavalos montados, concursos de saltos de obstáculos e de cavalos de sela.

Como destaques para a edição deste ano, surge o I Congresso Equino dedicado à medicina e veterinária, nos dias 06 e 07 de novembro, o I Troféu D. Diogo de Bragança, de dressage com música, a decorrer no dia 07, no Largo do Arneiro, o campeonato nacional de corridas de cavalo a galope e a trote, no dia 10, e o lançamento da primeira campanha ambiental em torno da feira e que visa diminuir os resíduos de plástico durante o certame.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*