Terça-feira, Novembro 29, 2022
Publicidade
InícioNotíciasGanadeiro Joaquim Grave critica a Ministra e ser “lamentável a ignorância, a...

Ganadeiro Joaquim Grave critica a Ministra e ser “lamentável a ignorância, a prepotência, o facciosismo a cheirar o fascismo”

Na sequência das declarações polémicas da Ministra da Cultura, Graça Fonseca, esta que referiu que a “Tauromaquia não é uma questão de gosto, mas de civilização”, o ganadeiro Joaquim Grave é o primeiro do sector ganadeiro a mostrar a sua indignação face às palavras da ministra.

Joaquim Grave começou por referir que é “lamentável a falta de sensibilidade da ministra”, acrescentando depois que “para se emitir uma opinião sobre qualquer arte ou espectáculo em primeiro lugar há que entendê-lo.”

O ganadeiro alentejano escreve também no seu cometário publicado na página oficial da ganadaria, que “aqueles que à priori se negam ao seu entendimento poderão presumir de muita coisa menos de entendimento. Podem presumir de uma sensibilidade instintiva, primária, animalesca mesmo e refletem antes um déficit de sensibilidade e não um excesso como afirmam.”

Sobre a governante Grave afirma que “não reconheço à ministra qualquer superioridade moral ou civilizacional”, salientando que “é ridículo, se a tauromaquia está tutelada pelo ministério da cultura tem que ter o mesmo tratamento que as outras culturas ou então se não querem, tirem-na de lá.”

Termina pedindo a demissão da ministra e dizendo que “lamentável a ignorância, a prepotência, o facciosismo a cheirar o fascismo dessa mulher”.

Publicidade
Publicidade

Últimas