Grande afluência na reabertura das visitas ao Campo Pequeno

O Campo Pequeno reabriu as visitas e no primeiro dia  a afluência foi grande o que revela o grande interesse que existe em conhecer este edifício monumental de Lisboa. O primeiro grupo de visitantes era português mas a maioria dos visitantes eram turistas estrangeiros.

Estas visitas pretendem dar a conhecer este monumento único da cidade de Lisboa e de Portugal, além de divulgar a tauromaquia junto dos portugueses e estrangeiros que visitam a capital portuguesa. 

A visita consiste num percurso realizado na arena onde o visitante vai poder ver de perto algumas das principais áreas que compõem a praça (curros, pátio de quadrilhas, cavalariças, palco presidencial, capela…) e que estão habitualmente vedadas ao público. O visitante realiza um percurso pela arena, ficando a conhecer alguns factos relevantes deste importante tauródromo, como datas históricas ou informações sobre alguns dos toureiros que morreram nesta praça. 

Os visitantes poderão ainda desfrutar de uma exposição de reproduções de cartéis antigos do Campo Pequeno, do século XIX aos nossos dias e, para apimentar esta experiência, os visitantes vão poder tourear de salão com capote e muleta. Para mais tarde recordar, aqueles que visitarem o Campo Pequeno vão poder realizar algumas fotografias "especiais", vestindo a pele de toureiros ou forcados, no "fundo de fotos" preparado para esse efeito. 

A visita realiza-se num sistema de auto-visita, em que o visitante recebe um guia em papel que lhe dará toda a informação necessária e orientação sobre o percurso. A entrada custa 3€ e é gratuita para menores de 6 anos. As visitas realizam-se todos os dias, incluindo fins-de-semana, das 10h às 13h e das 14h às 19h. Os bilhetes podem ser comprados na bilheteira da praça no piso -1.

 

Para ver

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*