Alcochete: A tarde que Nené merecia em sua homenagem

A Praça de Touros de Alcochete acolheu este domingo, 12 de Agosto, emotiva homenagem a Nené, empresário falecido em brutal acidente de viação, e que marcou durante décadas a tauromaquia, quer como forcado quer como empresário e apoderado.

Na feira taurina, que anualmente decorre durantes as Festas do Barrete Verde, em Alcochete, a primeira corrida deste ciclo era um interessante e expectante concurso de ganadarias.

Em praça estiveram os cavaleiros António Ribeiro Telles, Vítor Ribeiro e Francisco Palha perante touros das ganadarias Condessa de Sobral, António Silva, Vale Sorraia, São Torcato, Ascensão Vaz e Canas Vigouroux. Pegaram, em solitário, os Forcados Amadores de Alcochete.

António Telles realizou duas lides de mestre, pois teve pela frente dois touros “incómodos” e a pedirem contas ao toureiro. Começou por lidar um touro Vale Sorraia, que custava a fixar-se, mas António apesar de iniciar de forma irregular nos compridos, subiu o tom na ferragem curta onde conseguiu superar as dificuldades apresentadas, preparou bem as sortes e deixou bons ferros. A sua segunda actuação foi diante de um touro São Torcato, que também se custava a fixar e ao longo da lide veio a revelar-se manso. António Telles realizou uma lide de grande nível estando muito por cima do oponente, uma actuação de saber, de valor e de muita entrega.

Seguiu-se Vitor Ribeiro, que lidou primeiro um touro de António Silva, muito bem apresentado e a dar bom jogo, permitindo a Vitor Ribeiro realizar uma lide regular sem romper para o triunfo. Depois lidou um Ascensão Vaz, que revelou-se manso, mas ao ver os seus terrenos pisados reagia com arreões e não permitiu ao cavaleiro realizar a lide desejada, ainda assim Vitor Ribeiro esteve por cima e deixou bons ferros.

Fechou a tarde Francisco Palha, que está a atravessar um bom momento e a sua actuação em Alcochete mostrou isso mesmo, lidou um touro de Condessa de Sobral e outro de Canas Vigouroux. Duas lides destintas mas de grande valor, mas sem duvida que se destacou mais perante o Canas Vigouroux onde cravou ferros de grande nível e que ficam na memória, especialmente o ultimo ferro em que entrou pelo touro dentro e em terrenos apertados, deixando um grande ferro.

No que diz respeito às pegas, a tarde foi de pegas rijas para os Amadores de Alcochete, com três pegas à primeira tentativa, por António José Cardoso, Nuno Santana e Pedro Belmonte, com uma cernelha efectivada por Daniel Silva e Emanuel Freitas e ainda, pegas consumadas à segunda tentativa, por Manuel Pinto e João Machacaz.

O espetáculo foi dirigido por Pedro Reinhardt, assessorado pelo medico-veterinário, Jorge Moreira da Silva.

Em disputa estavam prémios para Apresentação e Bravura, que foram atribuídos aos touros de António Silva e Condessa de Sobral, respectivamente.

Go to top