Terceiro festejo de Olivença:Terna em ombros

Quis a empresa Ruedo de Olivença retomar as corridas mistas no abono Oliventino, o Rejoneador Diego Ventura e os Matadores Enrique Ponce e Julian Lopez "El Juli" compunham o rematado cartel lidando toiros da ganadaria portuguesa de Maria Guiomar Cortes de Moura e Gracigrande respectivamente. Aposta ganha com casa completamente cheia. 

Começou a corrida com dez minutos de atraso abrindo praça Diego Ventura, com pouco toiro desde o início da lide, foi principalmente em bandarilhas a quiebro e terrenos apertados que a actuação de Ventura mais se destacou, meio rojão e descabello, foi aplaudido.

Diego Ventura brindou a sua segunda lide ao Maestro João Moura, depois de cravar dois rojões de castigo, escuta logo música na primeira bandarilha que crava em tábuas e em terrenos apertados, segue depois com cites de largo entrando pelo toiro e cravando no sítio de alto a baixo. Crava a terceira bandarilha citando em curto com batida ao piton contrário e rematada com ajustada pirueta. Tenta cravar um par de bandarilhas com o cavalo sem cabeçada, mas resulta com pouco brilho. Termina com três ferros de palmo em sorte de caracoleio e escuta o primeiro aviso. Um rojão eficiente e corta duas orelhas abrindo a porta grande. 

Faena larga e completa de maestria de Enrique Ponce a um nobre toiro de Gracigrande, um toiro que apesar de ter a boca aberta no início da faena aguentou bastante investindo e humilhando, grandes séries de derechazos e naturais, terminando com as célebres "poncinas", cortou as duas orelhas e porta grande. 

O segundo de Enrique Ponce pertencia à ganadaria de Domingo Hernandez, que permitiu uma faena correta sem grande história, foi silenciado. 

El Juli depois de receber o seu primeiro por verónicas e um bom quite de gaoneras alternadas com chicuelinas brindou ao publico a sua faena iniciada em tábuas com uma série de muletazos "sin moverse", já nos médios grande série de derechazos baixando a mão, segue por naturais também nos médios, um "arrimón" por "dosantinas" e por naturais, grande ovação, meia estocada em sorte natural eficiente, duas orelhas e porta grande.

No seu segundo e ultimo da tarde da ganadaria de Garcigrande El Juli escutou os primeiros olés depois de uma série de "lopecinas" brindou também a sua faena ao Maestro João Moura, inicia nos médios com intermináveis séries de derechazos, uma faena baseada fundamentalnente na mão direita que terminou em tábuas, estocada em sorte natural à segunda entrada. Aplausos com ligeira petição de orelha. 

Chamusca_3agosto19
Go to top