Pablo_Montijo28junho19

Homenagem a Joaquim Bastinhas termina com Porta Grande para Marcos

Campo Pequeno extraordinária corrida mista de homenagem a Joaquim Bastinhas. Em praça os Cavaleiros João Moura e Marcos Bastinhas e a pé Cayetano Rivera Ordonez, que se apresentava "montera en mano" para lidarem toiros da ganadaria de Varela Crujo, estando as pegas a cargo dos Forcados Amadores de Portalegre e Amadores da Chamusca.

Foi ao som do pasodoble "Joaquim Bastinhas" que se desenrolaram as cortesias, seguindo-se depois uma bonita homenagem ao saudoso Cavaleiro Elvense, com a presença na arena da sua família assim como de todos os artistas intervenientes, debaixo de uma fortíssima ovação pelo público presente que preenchia perto dos três quartos das bancadas da arena Lisboeta.

João Moura, depois de brindar a Marcos e seu irmão Ivan, abriu a noite com uma boa lide onde esteve bem por cima do seu oponente, na ferragem curta teve que pisar terrenos de compromisso para deixar ferros de boa nota, terminou com um de palmo, foi premiado com volta que deu acompanhado do forcado Ricardo Almeida dos Forcados Amadores de Portalegre que executou a primeira pega da noite à segunda tentativa.

Marcos Bsstinhas em noite de grandes emoções e recordações, brindou ao céu a sua primeira lide debaixo de uma forte ovação. Uma verdadeira lide "à Bastinhas" com o público em alvoroço logo desde o início quando recebeu o seu primeiro toiro à porta gaiola. A música tocou logo no primeiro ferro curto que foi cravado no sítio e rematado em tábuas pisando terrenos de grande compromisso, uma lide sempre em crescendo rematada com o tradicional par de bandarilhas, apeando-se no final debaixo de fortes aplausos com o público todo em pé. Duas voltas de agradecimento para Marcos Bastinhas e uma para Francisco Borges dos Forcados Amadores da Chamusca que pegou o segundo toiro da noite à segunda tentativa.

Cayetano Rivera Ordonez recebeu o seu primeiro com uma larga afarolada de joelhos, seguindo depois por templadas verónicas até aos médios onde rematou com uma chicuelina e uma revolera, depois de um atribulado tércio de bandarilhas protagonizado pela sua quadrilha brindou a faena de muleta a Marcos Bastinhas, uma faena com pouca história onde Cayetano não encontrou sítio, passes soltos por ambos os pitons a um toiro com pouca bravura e nenhuma classe, ainda assim foi premiado com volta.

João Moura cravou o primeiro comprido em sorte de gaiola com o toiro a apertar e a perseguir com vontade a montada no remate do ferro, com o toiro a vir a menos na ferragem curta Moura deixou ferros de boa nota principalmente os cravados nos médios com ligeira batida ao piton contrário, foi premiado com volta acompanhado do forcado João Fragoso dos Amadores de Portalegre que se fechou ao segundo intento. 

Mais uma porta gaiola de Marcos Bastinhas ao seu segundo toiro, e mais uma lide que decorreu em ar de triunfo pautada pela sua natural alegria e até alguma irreverência, fortes aplausos e mais uma vez duas voltas de agradecimento e consequente porta grande. 

Bernardo Borges dos Forcados Amadores da Chamusca executou a pega da noite ao primeiro intento. 

Cayetano Rivera Ordonez teve melhor faena no seu segundo, sem brilhar com o capote foi na faena de muleta, iniciada de joelhos por derechazos, que assistimos aos melhores momentos principalmente uma tanda final por naturais, foi premiado com volta. 

Bem apresentados os toiros de Varela Crujo, com destaque para o lote de Marcos Bastinhas, sendo o quinto da noite premiado com volta para o ganadeiro e ganho a vida ao ser devolvido ao campo. 

Corrida bem dirigida pelo Exmo Sr Director Ricardo Dias coadjuvado pelo Médico Veterinário Dr Moreira da Silva

 

 

Go to top