Bencatel: Tarde entretida num espetáculo sem tipologia e astados pequenos

A Praça de Touros de Bencatel recebeu esta quinta-feira, 31 de Maio, um espectáculo tauromáquico que deu início a quatro dias de várias actividades taurinas nesta localidade do concelho de Vila Viçosa.

Este espectáculo que contou com cerca de meia casa e que resultou entretido para os espectadores que ali se deslocaram, principalmente para ir à tourada e ao convívio e foi isso que aconteceu

Estavam anunciados cinco touros de Eng.º Luís Rocha, mas apenas saíram quatro da referida ganadaria e um de São Trocato, desconhecendo-se o motivo desta alteração. Relativamente ao comportamento, os novilhos/touros na sua generalidade cumpriram, no entanto, relativamente à apresentação, os astados deixaram muito a desejar no que concerne ao peso, pois caso fosse uma corrida de touros deveriam ser todos reprovados, caso fosse festival eram aprovados, mas… relativamente ao ter falado em corrida ou festival irei explicar no final desta crónica.

Quanto às lides, a tarde foi, como já referi, entretida. Actuaram os cavaleiros Francisco Cortes, Paulo Jorge Santos, Tiago Carreiras, António Prates e António Núncio, tendo todos estado a nível regulare, sem grandes alardes, mas a proporcionar lides alegres e sem grandes “apertos”.

No capitulo dos forcados, a tarde também foi fácil para os dois grupos não associados na ANGF, pois foram cinco pegas à primeira tentativa. Pelos Amadores de Bencatel pegaram Tiago Rodrigues, Adriano Pereira e João Gama, sendo que pelos Académicos de Coimbra foram caras Ricardo Marques e Francisco Gonçalves.

O espectáculo foi dirigido por Agostinho Borges, Assessorado pelo Médico-veterinário João Candeias, numa tarde abrilhantada pela Zuluband.

e salientar que no inicio do espectáculo foi prestada homenagem a Jorge Aldeagas, forcado dos Amadores de Bencatel recentemente falecido.

Pois bem, poderia terminar aqui a crónica desta corrida, no entanto logo no inicio deixei a dúvida se estava a falar de uma corrida de touros ou de um festival, pois é uma dúvida com que fiquei e certamente também alguns aficionados, aqueles mais atentos como eu. Os outros foram apenas à tourada.

E passo a explicar, apesar de se anunciar como corrida de touros nos cartazes, e de constar na ordem de lide afixada junto à bilheteira como “Corrida de Touros”, poucos minutos antes do inicio do espectáculo foi afixado um papel, também junto à bilheteira que dizia o seguinte “por motivos de última hora incontornáveis, o espectáculo denominado Corrida de Touros passa a Festival Taurino”, algo estranho, mas mais estranho ficou quando todos os artistas foram trajados como se de uma corrida de touros se tratasse.

O Toureio.pt, a fim de fazer o balanço do espectáculo e de esclarecer toda a situação, tentou obter declarações junto da Associação Amigos da Festa de Bencatel, que nos encaminhou para um conhecido empresário que alegadamente era o real promotor do espectáculo, este que não quis prestar declarações negando ser o real promotor.

O Toureio.pt quis ainda fotografar o aviso da mudança de tipologia do espectáculo, tendo este sido arrancado da parede no preciso momento em que o fotografávamos, num acto que atenta ao direito à informação, pois a nossa função é informar para bem da festa e não fechar os olhos para benefício de alguns, prejudicando assim a Festa Brava!

Go to top