Campo Pequeno: Em noite de corrida mista houve touros e valor de toureiros

 Campo Pequeno, corrida de toiros mista em noite quentissima mas que começou com uma lide a duo bastante morna, para não dizer fria, pouca sincronização entre as cavaleiras Ana Baptista e Sónia Matias, com a segunda a consentir alguns toques na montada, um toiro sério que se adiantava às montadas e que dificultou um pouco o labor às artistas numa lide que decorreu sem música e sem volta.

Francisco Mascarenhas cabo dos Forcados Amadores das Caldas da Raina abriu a noite com uma rija pega à segunda tentativa.

António João Ferreira abriu a noite no capítulo apeado recebendo o seu oponente por verónicas, saía solto e valeram as que teve nos médios.

Brindou a sua faena ao público e andou valente perante um toiro que investia decomposto e protestava nos enganos, ficou a série de derechazos nos médios, numa faena de valor à qual faltou brilho. Foi premiado com volta.

Nuno Casquinha teve pela frente mais um toiro com pouca classe, um manso encastado ao qual Casquinha depois de receber à verónica cravou três bons pares de bandarilhas, o último a quiebro, uma faena de mérito e valor a um astado que não ofereceu facilidades. Foi premiado com volta.

Alterada a ordem por indisposição fisica de Sónia Matias, foi Ana Baptista quem lidou o quarto toiro da noite. Uma grande lide de Ana Baptista a um toiro que pedia contas e que transmitiu emoção. Chegou forte às bancadas e foi premiada com volta. Lourenço Palha saiu lesionado à primeira tentativa da segunda pega da noite, foi dobrado por António Cunha que resolveu de forma rija à segunda tentativa.

Grande faena de António João Ferreira ao quinto toiro da noite que fez jus à máxima, e "não foi mau", vistosas e templadas verónicas, para depois na muleta deixar boas series por ambos os pitons, nota alta para a série de naturais nos médios, seguiu com mais uma tanda de derechazos terminando com uma dosantina. Volta para toureiro e ganadeiro.

Por verónicas e.'delantales" recebeu Nuno Casquinha o seu segundo. Três bons pares de bandarilhas cravou Casquinha com destaque para o último. Um toiro complicado e sem recorrido que a meio da faena provocou feia voltereta ao matador, prosseguiu, mas visivelmente debilitado abreviou. Foi premiado com volta.

Sónia Matias não recuperou depois da indisposição fisica que teve a seguir à lide a duo, foi Ana Baptista quem lidou o toiro que pertencia a Sónia Matias.

Uma lide de mais a menos, a um toiro sério e que pedia contas, ainda assim uma lide com nota positiva para a Cavaleira de Salvaterra.

O curro de toiros de São Torcato bem apresentado e de comportamento dispare com destaque para o lidado em quinto lugar que foi premiado com volta.

Meia casa de público numa noite de Verão à séria.

Go to top