Forcados de São Manços vencem na Terrugem em noite de casa cheia

Corrida de toiros por ocasião das tradicionais festas em Honra de Santo António da Terrugem. A Praça de Touros da Terrugem recebeu uma corrida de touros na qual integraram cartel, os cavaleiros João Moura Caetano, Marcos Bastinhas e Duarte Pinto. Touros da ganadaria Rodolfo André Proença. Forcados Amadores de São Manços, Portalegre e Académicos de Elvas.

A noite começou com uma agradável e completa lide de João Moura Caetano perante um toiro que cumpriu. Exímio na brega, cravou ferros de boa nota, os dois últimos nos médios entrando pelo toiro e a aguentar as investidas até ao último momento, cravando no sítio e rematando como mandam as regras. Foi premiado com volta. João Rosmaninho dos forcados de São Manços executou a primeira pega da noite que, depois de brindar ao respeitável, se fechou apenas à quarta tentativa.

Marcos Bastinhas teve no segundo da noite uma lide de menos a mais, rematada com um violino e uma rosa, foi premiado com volta. João Martins dos forcados amadores de Portalegre fechou-se sem problemas ao primeiro intento.

Boa lide de Duarte Pinto ao terceiro toiro da noite, uma lide clássica e de verdade como é seu timbre, ferros de boa nota pisando vários terrenos, faltando apenas por vezes um pouco de toiro no momento da reunião, foi premiado com volta, a qual deu acompanhado de João Restolho dos forcados Académicos de Elvas que executou uma boa pega à primeira tentativa.

Lide regular e sem grandes alardes de João Moura Caetano ao quarto toiro da noite que pouco transmitiu. Pedro Galhardas dos forcados de São Manços executou correta pega ao primeiro intento brindada ao forcado Pedro Nabiça, volta para ambos.

Marcos Bastinhas teve uma lide em crescendo no quinto da noite, ferros de boa nota numa lide rematada com o tradicional par de bandarilhas que foi o momento mais aplaudido da noite. Rui Pombo dos forcados de Portalegre executou uma boa pega ao primeiro intento.

Duarte Pinto brindou a sua lide ao público, que quase encheu a castiça praça da Terrugem, mais uma vez deixou bem expressa a sua forma de encarar o toureio, uma lide que chegou forte às bancadas e que deixou bom sabor. Foi premiado com volta. António Machado dos forcados Académicos de Elvas executou a última pega da noite ao primeiro intento.

Estava em disputa o prémio Emílio Nabiça para a melhor pega, em que o júri era constituído pelos cabos dos três grupos em praça, troféu ganho pelo forcado Pedro Galhardas do grupo de forcados de São Manços.

Foram lidados cinco toiros da ganadaria de Rodolfo André Proença e um (o quinto) da ganadaria de Paulo Caetano desiguais de apresentação e comportamento. Praça quase cheia numa terra onde a afición cresce ano após ano.

Go to top