Campo Pequeno encheu “de um público que veio para ver um espectáculo que queriam e pretendiam ver”, diz Rui Bento Vasques (c/som)

A Praça de Touros do Campo Pequeno recebeu esta quinta-feira, 20 de setembro, uma corrida de touros mista em que o matador de touros espanhol Juan José Padilla se despediu da afición portuguesa, lidando touros Varela Crujo e alternando com os cavaleiros João Moura Caetano e Duarte Pinto e com os Forcados Amadores de Santarém e Montemor, diante de touros Vinhas.

No final do espetáculo o Toureio.pt ouviu Rui Bento Vasquez que fez o balanço desta corrida, dizendo que “o primeiro triunfo é ver o Campo Pequeno cheio de um público magnifico, de um público que veio para ver um espectáculo que queriam e pretendiam ver. Acho que tivemos uma noite, de touros, com os dois cavaleiros  e os dois grupos com as suas circunstâncias nem sempre fáceis, e com um Padilla entregue e sobretudo com um público entregue com Padilla, com a resposta que estamos a ter agora com a segunda volta no seu segundo touro. Eu penso que mais do que tudo, a premiar o que é a sua trajectória, a sua entrega, e também o que ele diz: a glória faz parte do triunfo também. Hoje premiou-se a entrega, a dedicação, e penso que o grande sucesso de hoje é parabéns aos toureiros e parabéns ao público por tudo, que mais uma vez encheu o Campo Pequeno, com esta disposição e com este gosto de ser feliz.”

Questionado se os dois cavaleiros em praça estiveram à altura da qualidade de triunfadores como foram apelidados para entrar neste cartel, Rui Bento referiu que “João Moura Caetano com circunstâncias de que perdeu dois cavalos importantíssimos, não deixando de vir aqui dar a cara. E o Duarte Pinto a repetir o triunfo de 9 de Agosto. Acho que estão os dois de parabéns. Os forcados com problemas mas deram a cara e sobretudo o público pela entrega que estamos a viver este momento em que terminou a corrida e ninguém sai do Campo Pequeno.”

 

 

Go to top