Elvas: "Apesar de ter havido três ou quatro ferros muito bons, a lide não foi redonda", diz Moura Caetano (c/som)

O Coliseu Rondão de Almeida, em Elvas, acolheu este sábado a Corrida Olé, que juntou em cartel os clãs Caetano (Paulo Caetano e João Moura Caetano) e  Bastinhas (Joaquim e Marcos Bastinhas), repetindo assim o cartel de alternativa do cavaleiro Marcos Bastinhas, há dez anos. Perante touros Paulo Caetano e Rodolfo André Proença, pegaram os amadores de Évora e Académicos de Elvas.

Epá, o primeiro touro no momento do ferro ia muito ao engano e não recuperava porque tinha pouca força e era pouco recorrido, e então houve muitas passagens em falso. Apesar de ter havido três ou quatro ferros muito bons, a lide não foi redonda por causa das passagens em falso”, começou por analisar a sua prestação, João Moura Caetano.

Acrescentou ainda que “a segunda lide foi de total entrega, um touro que era nobre, acho que os quatro ferros de categoria e os dois compridos também. Depois houve um ‘enganchão’, em que ninguém tem culpa, o toureiro é enganchado e engatilhou a perna do cavalo mas felizmente não aconteceu nada grave mas depois terminei a lide em beleza e o público gostou”.

 

Go to top