Paulo Caetano regressará às arenas "só em termos pontuais e com motivos muito fortes" (c/som)

O Coliseu Rondão de Almeida, em Elvas, acolheu este sábado a Corrida Olé, que juntou em cartel os clãs Caetano (Paulo Caetano e João Moura Caetano) e  Bastinhas (Joaquim e Marcos Bastinhas), repetindo assim o cartel de alternativa do cavaleiro Marcos Bastinhas, há dez anos. Perante touros Paulo Caetano e Rodolfo André Proença, pegaram os amadores de Évora e

Paulo Caetano disse, sobre a sua actuação, que “não a analiso. Quem é a analisa é o amigo Hugo e outros que têm essa função”, não deixando de demonstrar estar “feliz por ser uma noite de homenagem a um grande amigo, o regresso de um grande amigo e toureiro, uma família que gostamos muito. Somos muito amigos. Esse é o ponto fulcral desta noite e estou muito contente por ter corrido tudo muito bem”.

 “Só em termos pontuais e com motivos muito fortes como foi o caso deste”, respondeu quando questionado se poderia existir regresso às arenas por parte de Paulo Caetano.

 “É uma união muito antiga. Eu e o Joaquim Manel somos amigos há muitos, muitos anos. Ajudámo-nos sempre, apoiámo-nos sempre, competimos sempre da forma mais saudável e amiga, e portanto é uma união muito, muito antiga”, rematou Paulo Caetano.

 

Go to top