“Estou numa fase de repensar toda a minha carreira enquanto profissional do toureio”, diz o cavaleiro João Maria Branco ao Toureio.pt (c/som)

O jovem cavaleiro tauromáquico João Maria Branco, que em 2017 realizou apenas sete espectáculos tauromáquicos, afirmou agora que está “numa fase de repensar toda a minha carreira enquanto profissional do toureio”.

João Maria Branco falou ao Toureio.pt esclarecendo o porquê de ainda não ter atuado esta temporada, nem de estar para já anunciado para qualquer espectáculo, explicando que “comecei outros projectos a nível empresarial que me têm ocupado algum tempo, e como sempre foi meu hábito e meu timbre, que é a única forma de andar na festa é sentir-me 100% preparado e integrado naquilo que vou fazer”.

No entanto sobre esta temporada Branco adianta que “este ano poderei fazer umas 4 ou 5 corridas, divididas entre Portugal e Espanha, sedo que neste momento há três ou quatro situações faladas, muito encaminhadas e que se podem concretizar”, acrescentando que “estou a renovar a quadra, estou empenhado, estou moralizado no sentido daquilo que seja o meu futuro enquanto toureiro”.

O cavaleiro de Estremoz salienta ainda que “naturalmente este ano vou aproveitar, uma vez que estou um pouco mais a repensar tudo o que vai ser o meu futuro, já a programar e a projetar para 2019 uma temporada que encaixa e que eu veja está à minha imagem”.

Questionado concretamente se o “repensar” significa continuar ou fazer uma paragem, João Maria deixa claro que “para já o ano está a passar pela renovação da quadra, que é importante estar sólida e estar ao mais alto nível para o ano arrancarmos novamente em força”.

 

Go to top