A localidade espanhola de Navaluenga (Ávila) recebeu, esta segunda-feira, uma corrida de rejoneo em que actuou o cavaleiro português João Ribeiro Telles.

Lidaram-se touros de Maria Cascón e Juan Luis Fraile, que permitiram a João Telles, ovação e orelha, a Juan Manuel Munera, silencio e orelha e a Victor Herrero, silencio e orelha.

A Praça de Touros de Don Benito (Badajoz) recebeu, esta segunda-feira, uma corrida de touros mista onde actuou o rejoneador espanhol Leonardo Hernandez.

Lidaram-se touros de Luis Albarrán e Sanchez Urbina, que permitiram a Leonardo Hernandez, duas orelhas e duas orelhas, a Emilio de Justo, orelha e duas orelhas e a José Garrido, duas orelhas e duas orelhas.

O espetáculo contou com meia casa.

A Administração do Campo Pequeno anunciou, esta segunda-feira, a atribuição do Galardão Prestígio 2019 ao cavaleiro António Ribeiro Telles, premiando assim uma carreira de 44 anos de actividade ininterrupta, 36 dos quais como cavaleiro de Alternativa.

Segundo a Administração, “o Galardão Prestígio, cuja atribuição é da exclusiva responsabilidade da Administração da empresa do Campo Pequeno, tem por objectivo distinguir uma pessoa ou uma instituição que se tenha destacado por méritos excepcionais no mundo da tauromaquia.”

António Ribeiro Telles recebeu a Alternativa a 21 de Julho de 1983, no Campo Pequeno das mãos de seu pai, Mestre David Ribeiro Telles, com o testemunho do seu irmão, João Palha Ribeiro Telles. Na actualidade, é o mais fiel representante da linha clássica do toureio a cavalo.

A entrega do galardão decorrerá a 10 de Outubro, após o desfile histórico evocativo das touradas reais do século XVIII, parte integrante da Corrida de Gala à Antiga Portuguesa, com que encerrará o abono de 2019. António Ribeiro Telles será o cabeça de cartaz desta que será a sua centésima actuação no Campo Pequeno, como cavaleiro de Alternativa.

Conforme já foi noticiado, o Coliseu de Redondo recebe no dia 5 de Outubro a tradicional corrida de touros por ocasião da Feira de São Francisco.

A Associação Tauromáquica Redondense já anunciou um imponente curro de touros Canas Vigouroux, sendo que o Toureio.pt pode avançar que nesta corrida irão estar em praça três Grupos de Forcados.

Neste dia 5, estarão em praça o Real Grupo de Forcados Amadores de Moura, os Amadores de Monforte e os Amadores de Redondo.

Quanto ao restante cartel a Associação Tauromáquica Redondense ainda não confirmou qualquer cavaleiro.

No próximo dia 14 de Setembro, a Praça de Touros de Vila Viçosa acolherá mais facto histórico, o cavaleiro António Telles (Filho) irá prestar provas de cavaleiro praticante, 40 anos depois de seu Pai ali ter prestado também provas de praticante.

O Toureio.pt foi ao encontro de António Ribeiro Telles, no dia em que seu filho realizou uma das suas últimas actuações enquanto cavaleiro amador.

António começou por dizer que “sou suspeito porque sou pai, os pais vêm sempre os filhos de uma maneira diferente de toda a gente, isso diga o que disser toda a gente”, mas comentou afirmando que “o que me deixou contente foi ser a primeira vez em larguei assim um ‘toureco’, já não era bem um novilho, era um touro com perto de 500 Kg, ainda por cima foi bravo e senti que ele lidou o touro e acho que o lidou bem. Gostei de o ver, fez coisas boas. Gostei de o ver, sinceramente.”

Já sobre a prova de cavaleiro praticante do seu Filho, que ocorre 40 anos depois da sua e na mesma praça, António Telles afirma que “parece que foi ontem”, recordando que “toureava o meu pai, o José Luís Sommer D’Andrade, o meu irmão João, eu e o Bastinhas, porque o Joaquim Manel tirou a prova nesse dia também. Tirámos no mesmo dia. Parece que foi ontem. Como é que passados 40 anos vai lá o meu filho tirar a prova…”

Desejo-lhe muita sorte, acho que é um cartel bonito, rematado, desejo-lhe sorte e vejo que a partir daqui a vida dele vai mudar, porque pôr a casaca e a casaca traz uma grande responsabilidade. Enquanto se é amador, as coisas são diferentes, não é tão exigente, como pôr a casaca de tourear. Deixe ver, ele agora tem de ter muita mais responsabilidade, mas espero que as coisas possam correr bem e espero que possa sair daqui um toureiro bom”, acrescentou António Ribeiro Telles.

Questionado o porquê de Vila Viçosa para a prova de praticante do seu Filho, António refere que “porque acho que a história se repete e porque se proporcionou assim. Ele tem 18 anos, está na altura de tirar a prova, não pode passar a vida sendo amador, se ele quer ser toureiro tem de dar o passo de tirar a prova, e escolhemos Vila Viçosa por eu ter tomado lá a prova também. Achámos piada à data, ser na mesma data e pronto resolvemos ser este ano.”

António Ribeiro Telles, recorda ainda o cartel, “toureio eu, o Moura Caetano, o meu sobrinho Ginja, o Rouxinol (Filho), o Cravidão e ele [António Telles Filho], com touros lá de casa. Acho que é um cartel que está rematado e que está à altura. Espero que seja uma boa corrida".

 

 

A Praça de Touros de Vila Nova da Barquinha receberá no próximo dia 20 de Setembro, pelas 22 horas, uma corrida de touros de Gala à Antiga Portuguesa.

Esta corrida que ficará marcada pela “nova cara” da praça de touros e pelo reaparecimento do cavaleiro João Salgueiro, este que irá alternar com Rui Salvador, João Moura Caetano, João Moura Jr, João Salgueiro da Costa e Miguel Moura.

Para as pegas estarão três Grupos de Forcados, os Amadores de Tomar, Chamusca e Aposento da Chamusca.

Serão lidados seis imponentes touros de Luis Terrón, numa noite que se prevê de emoções.

Para reservar o seu bilhete deve marcar o número 914 288 912, sendo que poderão ainda ser adquiridos na Tasquinha do Carcavelo na Carregueira e no Restaurante Rédea Curta, na Golegã.

O cavaleiro João Moura Jr alcançou, este domingo, um grande triunfo na localidade espanhola de Monisterio.
Moura Jr cortou uma orelha no primeiro touro e duas no seu segundo, numa tarde me que alternou com Leonardo Hernandez, que obteve duas orelhas e duas orelhas. Na lide a duo o resultado foi de duas orelhas.
Lidaram-se neste espetáculo touros de El Freixo.

 

Um curro de touros da ganadaria portuguesa Palha foi lidado, este domingo, no Coliseu Romano de Arles, em França.
Os touros da ganadaria portuguesa permitiram a López Chavez, volta e ovação, a Octávio Chacon, ovação e silencio e a Pepe Moral, orelha e duas orelhas.
De salientar que o sexto touro foi premiado com volta à arena.

 

Pág. 4 de 308
Go to top