“Foi um cavaleiro amigo dos aficionados Redondenses”, diz voto de pesar a Joaquim Bastinhas, aprovado pela Câmara de Redondo

Um mês depois da morte do popular cavaleiro tauromáquico Joaquim Bastinhas, a Câmara Municipal de Redondo aprovou recentemente em reunião de câmara um voto de pesar ao cavaleiro de Elvas.

O voto de pesar foi aprovado por unanimidade e nele pode ler-se que o “Joaquim Bastinhas cavaleiro tauromáquico apelidado como toureiro do povo notabilizou-se pela sua forma séria e empenhada empregue nas suas actuações fazendo vibrar o público criando muita empatia com o mesmo, principalmente quando cravava o par de bandarilhas momento este que celebrizou nas diversas praças de touros de Portugal, bem como em França, México, Venezuela, Grécia, Macau e Espanha. Foi uma figura influente na tauromaquia Portuguesa, prova disso são os inúmeros cavaleiros que apadrinhou sendo também por diversas vezes o cavaleiro que mais actuações somou por temporadas. Joaquim Bastinhas actuava frequentemente na praça de touros de Redondo, agora Coliseu e foi o primeiro toureiro no dia da inauguração que actuou, podemos considerar que foi um cavaleiro amigo dos aficionados Redondenses retribuindo os mesmos com seus aplausos e a sua simpatia no recebimento deste cavaleiro cada vez que ele actuava na praça de touros de Redondo, Coliseu de Redondo”.

De salientar que este voto de pesar foi apresentado na reunião de câmara pelo Vereador Luis Faleiro, do PS.

Go to top