Misericórdia da Chamusca faz agradecimento público pelo sucesso do festival realizado

Reconhecidamente como de grande sucesso, o festival do passado dia 6 de Abril na Chamusca, motivou uma comunicado de agradecimento por parte do provedor da misericórdia local.


Assim, Nuno Castelão, Provedor da Santa Casa da Misericórdia da Chamusca, emitiu um comunicado no qual agradece a todos os intervenientes que directa e indirectamente ajudaram na realização de um festival que agregou figuras ibéricas o toureio ibérico.


De seguida transcrevemos, na íntegra, o comunicado:

“Na sequência da realização do Festival Taurino na Praça da Chamusca, no ano do seu Centenário, a Santa Casa da Misericórdia desta Vila vem agradecer a todos quantos participaram e tornaram possível este evento.

Desde logo, à Dra. Joana Rosa Rodrigues, pelo desafio que lançou na reedição dos Festivais de Beneficência, entretanto extintos e outrora lançados pelo seu Avô, Jorge Rosa Rodrigues, e seu Pai, Eng. José Rosa Rodrigues.

Ao Dr. Pedro Marques que, com o seu empenhamento e amizade, não se poupando a esforço, foi a chave para que se tornasse possível tão histórico cartel.
A Morante de la Puebla, um especial agradecimento pela dedicação que colocou na concretização deste espetáculo. Sempre preocupado, sempre disponível. O seu envolvimento contagiante acabou por motivar também os seus congéneres. Morante teve decisões que, por si só, demonstram valores de qualidade humana que fazem dele a grande figura do toureio que é. Contra os interesses de colegas e da empresa de Cehegín, alterou a data da corrida de 6 para 13 de Abril, suportando os custos inerentes, para poder estar de alma e coração na Chamusca. Fez sugestões, visitou a praça, promoveu o Festival.

A Morante de la Puebla, um grande Olé!!!
A Francisco Rivera Ordóñez e a Manuel Jesús “El Cid”, que abraçaram este projecto e esta causa, desde a primeira hora.
A Vasco Veiga, jovem promissor que não temeu juntar-se a todas estas figuras.
A António Ribeiro Telles, João Salgueiro, António R. Telles Jr. e João Salgueiro da Costa, pela disponibilidade em enriquecer este cartel.
Aos Grupos de Forcados, Amadores da Chamusca e Aposento da Chamusca, que graciosamente atuaram, e aos cabos, Nuno Marecos e Pedro Coelho dos Reis.
Aos Ganaderos, que gentilmente ofereceram os novilhos-toiros: David Ribeiro Telles; Rosa Rodrigues; Manuel Veiga; Manuel Assunção Coimbra; Calejo Pires.

À equipe Médica chefiada pela Dra. Luísa Van Schneider.
A todos os que, de forma direta ou indireta, participaram neste momento memorável, relembrando os Senhores: Mestre Rui Fernandes; José Maia; João Lino; João José Bento; José Manuel Nalha; Paulo Pessoa de Carvalho; Carloto Veiga; Tomás Monte; António Pimenta e a equipe de porteiros; João Ribeiro (corneteiro); Carlos Estorninho (embolador); José Faustino e a equipa de curros e portas; Jorge António (Queimado, Sociedade Eletrotécnica, Lda.); aos Campinos Jorge Pratas, José Faustino e Luís Mota.

A Frederico Timóteo (Papelaria “O Patamar”), a Luís Miguel Freire (Tasquinha do Carcavelo); ao Dr. José Abreu e Samuel (Café Central), a Francisco Mira (Tauronews).

Ao Dr. Cabeço e Dra. Paula Cabeço, ao Senhor Fernando Marques e à Senhora D. Guiomar Marques, pela receção dada aos Matadores de toiros.

À Câmara Municipal, em particular ao seu Presidente, Dr. Paulo Queimado, pela disponibilidade sempre demonstrada, apoio e incentivo.

Ao Hotel Lusitano (Golegã) e à Casa do Adro.

Ao Sr. Eng. José Canelas pela organização do desfile de carros clássicos e aos Senhores: José Vieira, Eng. João Amaral Neto, Armando Alves “Tomix”, que cederam as respetivas viaturas.

E, por último, mas tendo um papel primordial, à Comunicação Social, que, desde a primeira hora, se associou e nos ajudou na divulgação deste Festival.

É da mais elementar justiça, fazer público este nosso reconhecimento.

O Provedor,
Nuno Castelão”

Go to top