Pablo_Montijo28junho19
Caridade. Hoje é o Dia da Caridade. Um dia que quero aproveitar para, textualmente, fazer uma reflexão sobre os últimos tempos na tauromaquia lusitana. Caridade significa “disposição para ajudar o próximo; tendência natural para auxiliar alguém que está numa situação desfavorável; benevolência, piedade”. A tauromaquia vive da Caridade. Caridade de…
A propósito da ingratidão, fui associar-me á homenagem mais que devida a um Grande do toureio a cavalo de Portugal, o Mestre Joaquim Bastinhas, e o palco não podia ser mais apropriado para tão significativo acto, a praça do Campo Pequeno, Catedral do toureio no nosso País. Ia com enorme…
Diz-se á boca cheia no nosso meio taurino que a Festa não evoluiu, que parou no tempo e é retrógrada, que devíamos adaptar-nos aos novos tempos e mentalidades para assim fazer frente ao dito declínio da mesma! Quando veiculamos notícias ou escrevemos artigos já de si pessimistas, estamos a admitir…
Meus amigos vamos lá a falar claro! Se estão recordados, e concorde-se ou não com o que por lá se passou, já no Maio de 68 os estudantes afirmavam na capital francesa, naquele momento de convulsão social e de ruptura de uma sociedade: “É proibido proibir”. Hoje passado esse tempo…

Está quase!...

A nova época tauromáquica está quase aí, esperamos que seja a melhor, sempre se espera isso. Após o defeso vêm os festivais, para os artistas criarem rodagem junto do público, para o público ver alguns bons espectáculos a preços mais reduzidos, os ganadeiros poderem limpar alguns animais cuja apresentação não…
Uma primeira palavra para enaltecer o excelente trabalho da conjugação perfeita que foi a organização do “Dia da Tauromaquia” no passado 23 de Fevereiro no Campo Pequeno, verdadeira monumental do toureio no nosso País. Todos aqueles que integraram a organização superiormente dirigida pela PRÓTOIRO, com o inestimável apoio dos toureiros,…
A Praça de Touros do Campo Pequeno em Lisboa foi, ontem, palco de uma iniciativa da Prótoiro intitulada “O Dia da Tauromaquia”, um evento em muito semelhante ao que aconteceu no ano de 2017 e que se intitulou de BullFest. Nesse ano de 2017 fui muito crítico relativamente a esse…
A festa não se faz só com cabeças de cartaz, que segundo o regulamento em vigor, são -Cavaleiros, Cavaleiros Praticantes, Cavaleiros Amadores, Matadores de Toiros, Novilheiros, Novilheiros Praticantes, Novilheiros Amadores e Grupos de Forcados Amadores. Fazem também parte integrante do pessoal, que torna possível uma corrida de toiros, no que…
Começou o ano com luzes e sombras para o nosso mundo taurino, enquanto se celebravam as exéquias pelo nosso Emílio de Jesus, o homem, o aficionado que plasmou na fotografia as melhores imagens da Festa e que deu a conhecer momentos que marcaram a história da Tauromaquia, um património que…
Os forcados são o elo de ligação com quem o público anónimo mais se identifica na festa. De um modo geral são os representantes da gente da terra que aparecem em nome da mesma, na arena. Enquanto as figuras se apresentam em nome próprio e são profissionais, isto é -…
Pág. 1 de 4
Go to top