Os Grupos de Forcados na festa...

Segundo o Regulamento do Espectáculo Tauromáquico, em vigor, todos os espectáculos tauromáquicos em que actuem cavaleiros têm que, obrigatoriamente actuar um ou mais grupos de forcados.

Os forcados, inicialmente eram conhecidos por moços de forcado – “os moços do forcado”. Estes “moços” munidos de um forcado cada, evitavam que os toiros lidados subissem as escadarias que ligavam a “arena” às bancadas, de onde os nobres assistiam às corridas de toiros.

Aqui procura-se recriar a sorte de casa da guarda, onde, como se vê os forcados munidos do seu instrumento de lide tentam suster a investida do toiro.

Segundo se encontra documentado, as sortes da pega dos toiros, datam do reinado de Dona Maria II quando foi proibido matar os toiros na arena e assim sendo, a imobilização do toiro pelos moços de forcado era a demonstração da superioridade do homem, versos animal.

Hoje, cada grupo deve apresentar para a pega oito elementos, sendo o primeiro o homem da cara e os restantes ajudas e um rabejador que ajudam a parar e colocar o toiro para uma saída airosa por parte do grupo. De um modo geral, e se se sentir a gosto, o rabejador provoca a investida do toiro em círculos até sair com ares de dominador.

Aqui vemos o rabejador do grupo de Vila Franca no pleno exercício da sua função.

 

Quando não há possibilidades de pegar o toiro de caras, ou por não ter investida ou por defeitos na cornamenta, recorre-se à sorte de cernelha.

Vários forcados ficaram na história dos seus grupos pelo seu desempenho como “cernelheiros”.

Nesta pega de cernelha, vemos os profissionais de Alcochete de Artur Garrett - José Roberto e António José Sequeira "Sequeirinha" a rabejar, em Alcochete. Foto do site “Forcado Amador”

.

A arte de pegar toiros não se confina ao território Português, nos Estados Unidos da América, também se encontram grupos de forcados que, embora com condições diferentes, se vão notabilizando pelo esforço que fazem para manter viva a tradição que herdaram dos seus antepassados açorianos.

No link que aqui vos deixo, podemos ver uma excelente pega dos forcados Luso americanos.

 

https://www.facebook.com/ForcadosLusoAmericanos/videos/276833159839463/

Com um abraço até de aqui a quinze dias.

 

 

Alter 24 de agosto19
Go to top