Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
Publicidade
InícioCrónicasJoaquim Brito Paes, forcados e ganadeiro triunfam em São Romão (Vila Viçosa)

Joaquim Brito Paes, forcados e ganadeiro triunfam em São Romão (Vila Viçosa)

São Romão (Vila Viçosa) recebeu no sábado doze de Agosto uma extraordinária corrida de toiros por ocasião das suas tradicionais festas de verão, também elas em Honra do seu Padroeiro São Romão.

Uma corrida de homenagem a um saudoso filho da terra precocemente desaparecido, Francisco Leitão, aficionado, forcado e empresário taurino. Terminadas as cortesias e na presença dos seus familiares e do presidente da câmara municipal de Vila Viçosa assim como elementos da junta de freguesia local e da empresa na pessoa de Ruben Ramos foi-lhe prestada sentida homenagem muito aplaudida por todos.
Do cartel faziam parte João Moura Jr, Francisco Núncio e Joaquim Brito Paes, perante toiros da ganadaria de Lopes Branco e com as pegas a cargo do grupo de Lisboa e de São Manços.
João Moura Jr abriu a tarde com uma actuação muito por cima do seu oponente, um toiro reservado que apenas permitiu ao jovem Toureiro de Monforte uma lide sem grandes alardes. No seu segundo a história foi outra, logo no primeiro curto fez soar a música depois de um extraordinário ferro citando de largo e entrando pelo toiro cravando no sítio e rematando como mandam as regras, seguiu sempre no mesmo tom triunfal e termina cravando duas rosas.
Francisco Núncio teve duas boas lides, sem chegar muito às bancadas, no entanto o jovem cavaleiro de dinastia tentou sempre fazer as coisas com máxima correção, nota positiva e vontade de o ver tourear novamente.
Joaquim Brito Paes foi o triunfador da tarde, com uma vontade e alegria enormes, cravou ferros de verdade ao estribo como mandam as regras, pisou vários terrenos e foi o mais aplaudido pelo público e foi também aquele a quem o público pediu mais ferros nas duas lides. A sua segunda lide brindou a João Moura e João Moura Jr. Numa tarde quente deste nosso verão Alentejano Joaquim foi uma agradável brisa fresca na forma como toureou e como transmitiu às bancadas o seu alegre e verdadeiro toureio. Parabéns!
Outros dos triunfadores da tarde foram os forcados, ambos os grupos a rodar muita juventude, pelo grupo de Lisboa todas as pegas á primeira tentativa, foram caras Miguel Santos, Rodrigo Piedade e Duarte Mira, pelos de São Manços apenas Martim Moreno pegou ao segundo intento, pois na primeira tentativa o toiro passou-lhe ao lado. João Nuno Cuco e Alexandre Rocha ambos ao primeiro intento.
Cumpriu o curro de toiros da ganadaria de Lopes Branco, de apresentação irrepreensível, a Ganadeira foi premiada com volta no quarto da tarde lidado por João Moura Jr.
A corrida também tinha o seu lado benéfico, tendo João Moura Jr doado parte do seu cachet (três mil euros) para o jardim de infância local, pela forma como acolheu a sua filha, pois Moura Jr vive com a sua família numa propriedade perto desta localidade.
Com um calor abrasador o público apenas preencheu mais de meia casa, com a sombra á cunha, alguns valentes ao sol e duas dezenas de borlistas, que não perderam a oportunidade, pois a praça era desmontável e o desnível do terreno oferecia condições de excepção para estes lugares “privilegiados”, a Tauromaquia é feita por todos….
Sr Agostinho Borges dirigiu com o seu tradicional acerto, coadjuvado pelo Dr José Miguel Guerra. Uma excelente organização do conterrâneo Sr Ruben Ramos, que juntou uma merecida homenagem, um cariz benéfico e muita aficion para que a sua terra tivesse este bom espectáculo.

Publicidade
Publicidade

Últimas