Jorge de Carvalho disse adeus à actividade empresarial, mas afirma que “hei de cá estar por trás, não se vão ver livres de mim” (c/som)

No passado dia 25 de Abril, o conhecido empresário Jorge de Carvalho anunciou o seu afastamento da actividade empresarial taurina.

No dia em que se assinalava o primeiro centenário da praça de toiros e as bodas de prata de carreira empresarial de Jorge Carvalho, diz adeus a esta actividade porque “estou um bocado cansado com a festa e um bocado cansado com isto tudo”, afirmou em declarações ao Toureio.pt. O conhecido taurino acrescenta ainda que a “falta de respeito entre empresários, a falta de respeito pelo público e quando uma pessoa tenta fazer as coisas bem, parece que não é correspondido”, foram outros dos motivos para esta despedida.

Apesar de deixar a vida empresarial, Jorge de Carvalho garante que “chega! Foram 25 anos dados e depois hei de cá estar, hei de cá estar por trás, não se vão ver livres de mim”. Questionado se deixava a “porta aberta” para outra actividade na tauromaquia, este garantiu que “não, não, para já não, vamos descansar, ou para sempre ou nunca se sabe o que pode ser o dia de amanhã, mas nos próximos tempos não faço directamente… posso é hipoteticamente… ou alguém que me peça, ou alguém que fique com a praça de Alter e me peça para dar uma ajudinha, mas já sem aquele peso”.

Sobre a praça de Alter do Chão, Jorge de Carvalho declara que “ter pegado numa praça, que estava… além de degrada, com espectáculo de pouca qualidade e acho que a pus num nível grande”.

Sobre o futuro da praça de Alter, não revela muito, mas adianta que “acho que não vai a concurso… há ai três ou quatro… até se está ai a querer criar uma… epá gente nova e espero que as coisas lhes corram bem”.

 

Para ver

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*