Mara Pimenta é embaixadora de Almeirim e revela que “estou numa fase de mudança da minha vida na qual continuo a treinar e a seguir o meu sonho! Mas prometo voltar brevemente”

Foto: D.R.

Foto: D.R.

Mara Pimenta é a embaixadora da Mesa de Almeirim, que tem como destaque maior a famosa Sopa de Pedra de Almeirim, nas 7 Maravilhas à Mesa.

A cavaleira foi convidada pela Confraria Gastronómica de Almeirim, e em entrevista ao Toureio.pt, abordou esta situação que indirectamente divulgará também a tauromaquia, levando a festa brava a áreas como a gastronomia, o turismo e a restante área cultural, na qual a tauromaquia obviamente está inserida.

A cavaleira começou por dizer que “na passada semana recebi um convite da confraria Gastronómica de Almeirim para ser Madrinha deste evento”, acrescentando que “tudo o que possa divulgar a nossa festa tanto a nível turístico como gastronómico na minha opinião é sempre bom!”

Quando confrontada se a tauromaquia estava fechada sobre si própria, a cavaleira discordou e justificou: “Não de todo! A tauromaquia está aberta a tudo, principalmente a pessoas com iniciativa, empresários com coragem e palavra, toureiros com garra e força de lutar e vencer e um público adicto ao que fazemos e sobretudo a jovens aficionados!”

Na minha opinião fazer com que a tauromaquia se divulgue cada vez mais é sempre bom embora sinceramente e falo por mim que como cavaleira é difícil conseguir conjugar duas áreas porque a tauromaquia ocupa muito tempo do nosso dia a dia a preparação física dos cavalos e a nossa preparação também tem de ser diária!”, acrescentou quando questionada se os agentes da festa não deveriam tentar chegar mais a outras áreas sociais.

Sobre a Mesa de Almeirim, disse que “sendo Almeirim um dos pólos gastronómicos mais importantes do país, fazia todo o sentido esta candidatura a um concurso de âmbito nacional. Almeirim em termos gastronómicos vai muito além da Sopa da Pedra, conforme se pode confirmar na referida candidatura, onde constam, as nossas: Caralhotas, Sopa da Pedra, Ensopado de Enguias, Vinho Branco da Adega Cooperativa de Almeirim, Vinho Tinto da Quinta da Alorna, Enoturismo da Quinta do Casal Branco, Festival da Sopa da Pedra, evento anual que tanto tem divulgado a nossa Gastronomia. Por tudo isto apelo também que votem na Mesa de Almeirim, no 760 107 001”.

Já sobre a sua temporada tauromáquica disse que “estou numa fase de mudança da minha vida na qual continuo a treinar e a seguir o meu sonho! Mas prometo voltar brevemente e em força”, acrescentando que “este ano não penso tourear muito por opção própria! Quero estar preparada a 100% mas sim irei ainda realizar algumas corridas este ano!”.

Actualmente, a “minha quadra é composta por 5 cavalos cada um com a sua personalidade e qualidade! Faena e Epic de saída, Vigário Añejo e Fidés de bandarilhas”.

Ainda sobre a actualidade tauromáquica disse que “não estamos a passar um dos melhores momentos na nossa tauromaquia, não existe união entre os toureiros cada qual faz mais a coisa á sua maneira, e para além de estarmos a ser atacados pelos anti taurinos, seria o momento indicado para estarmos ainda mais unidos criando uma barreira para não destruírem a festa que vivemos, a festa que sentimos!!

Deixou ainda uma mensagem aos nossos leitores: “A minha mensagem aos leitores do Toureio.Pt é pedir-lhes que pelo bem da nossa festa e para continuarmos com ela que tentem encher as praças do nosso país pois sem eles nada é possível, e deixo aqui um muito obrigado a este site fantástico!”

Para ver

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*