Ministra da Cultura ignorou Tauromaquia na segunda ronda de questões, em audição na Assembleia da Republica

Na audição que decorre à Ministra da Cultura, no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para a Cultura, Graça Fonseca foi questionada pela deputada Cecília Meireles sobre o aumento do IVA nas touradas.

Na segunda ronda, Cecília Meireles voltou a abordar a questão das Touradas, a que Graça Fonseca não abordou na primeira ronda.

Cecília Meireles disse que “a posição do governo é conhecida mas as suas motivações não” e pediu à ministra para ser clara se a medida de aumento do IVA é um primeiro passo, ou não, para a extinção das touradas.

Já o PAN voltou a abordar os milhões investidos pelo estado, municípios, nas touradas e abordou as situações de obras de requalificação realizadas em algumas praças de touros.

Graça Fonseca não abordou a tauromaquia. Ignorou todas as perguntas. Os secretários de estado adjuntos presentes na sessão também não abordaram.