Sexta-feira, Março 1, 2024
Publicidade
InícioEntrevistas“Não vou deixar que venham meninos do papá, gente com interesse, gente...

“Não vou deixar que venham meninos do papá, gente com interesse, gente com dinheiro, desvirtuar o que possa ser a autenticidade desta festa”, diz Rui Bento Vasques (c/som)

Realizou-se esta quinta-feira, 25 de Julho, no Campo Pequeno, uma conferência de imprensa de apresentação da segunda parte do abono lisboeta.

Uma conferência de imprensa que ficou marcada pelas palavras de insatisfação do Diretor das Actividades Tauromáquicas, Rui Bento Vasques, a várias atitudes tidas por alguns agentes da festa contra o trabalho realizado na principal praça do país.

No final, fomos tentar saber mais pormenores sobre o que se está a passar e o que realmente deixou tão indignado Rui Bento Vasques.

O Diretor das Actividades Tauromáquicas começou por afirmar que “não estou irritado”, dizendo que “estou numa posição em que devo marcar a posição que tenho, que é a fazer a gestão da primeira praça do país e fazer a gestão da 1ª praça do país ao fim de 14 anos na qual defendi sempre os interesses da tauromaquia e sobretudo o interesse dos intervenientes como são os toureiros, os forcados, os ganadeiros, e aqueles que são de facto os actores principais”, acrescentando que “noto, nalguns casos, que não sabem estar e não estão ao nível da categoria que eu sempre defendi para os intervenientes directos, com jogadas, com habilidades, com segundas intenções. E aquilo que expressei hoje é o que tenho expressado em toda a minha via, estarei no Campo Pequeno enquanto sinta que posso fazer um bom trabalho. Enquanto sinta que as coisas não estão a ir no meu caminho, naquilo que são as minhas directrizes, que são a minha forma e direcção, e sobretudo o meu rigor e seriedade, com a minha coluna vertebral direita, afasto-me imediatamente! E não vou fazê-lo sem antes acusar quem não anda pelo mesmo caminho, vista a carapuça quem quiser. Quem actue em relação a mim, em relação ao Campo Pequeno ou em relação à festa, na parte que eu represento, vai ter de se endireitar comigo e vou fazer as acusações todas que tenha de fazer, um por um, da forma e sobretudo pelo modo como actuam. E não vou parar! E deixo muito claro que com a tauromaquia, uma actividade tão grande e nobre, não vou deixar que venham meninos do papá, gente com interesse, gente com dinheiro, venham desvirtuar o que possa ser a autenticidade desta festa, que é aquilo que acontece na praça, com aquilo que se consegue atingir na praça, e com a verdade por diante. Quem vier de outra forma, vai ter de levar comigo por diante.

Na referida conferência de imprensa Rui Bento, afirma que houve cavaleiros que se recusaram a tourear a corrida de dia 23 de Agosto. Questionado sobre quem foram esses cavaleiros, Rui Bento Vasques diz que “obviamente que não vou dizê-lo, agora! Mas posso dizê-lo em seu momento. Acharam um cartel frouxo, fraco, mas não é a primeira vez. Obviamente que não vou denunciar agora, mas em seu momento que me façam dizê-lo, vou dizê-lo. E não só vou dizer isso como vou dizer muitas mais coisas. Eu estou à frente da primeira praça há 14 anos, foram buscar-me a Espanha nesse momento, para fazer um trabalho do qual me sinto muito orgulhoso, do qual sempre pus por diante de tudo os interesses dos actores directos, toureiros, ganadeiros, bandarilheiros e forcados. Aqui, toda a vida, se respeitou os intervenientes directos. De uma forma muito clara: cada actuante no Campo Pequeno às seis da tarde recebeu os seus honorários antes de actuar. E isso merece uma forma e um respeito de encarar a sua profissão e quem está, neste momento, à frente da gestão tauromáquica do Campo Pequeno. Obviamente que há uma administração que foi, é e será quem determina definitivamente. Mas quem tente passar-me a perna vai ser denunciado claramente.”

Tendo em conta tudo o que denunciou, questionou-se Rui Bento Vasques se tivesse que tomar uma decisão, sairia do Campo Pequeno? Tendo este respondido que “não! Disse hoje claramente que o meu lugar está sempre à disposição mas eu sou fiel às minhas responsabilidades, a uma temporada em curso, uma temporada muito bonita e na qual estamos todos os dias a tentar criar coisas novas. E a minha dedicação, sobretudo ao Campo Pequeno, a qualquer administração, neste caso à Dra. Paula Resende, será sempre até ao final.

 Já sobre Diego Ventura e uma hipotética inclusão do rejoneador nos dois últimos cartéis que faltam anunciar, o Diretor das Actividades Tauromáquicas do Campo Pequeno, refere que “em função de uma mensagem que recebi, penso que equivocada ou não, do apoderado Luis Manuel Lozano, na qual ele colocava as condições mínimas para tourear em duas corridas, obviamente que apenas e só por questões económicas não voltámos a tentar trazer o Diego Ventura, sendo que é o meu desejo e o desejo de todos os aficionados e da administração do Campo Pequeno que, o Diego como primeira figura do toureio, possa estar no Campo Pequeno. Mas estamos a desejar autenticamente, porque o Campo Pequeno necessita de Diego Ventura e ao Diego Ventura será sempre uma assinatura pendente enquanto não tourear no Campo Pequeno com a grandeza, o momento, a importância para o toureio a cavalo, ao ser neste momento o que está em melhor momento de todos.

No final da conferência de imprensa apelou fortemente à união dos agentes da festa contra os ataques anti-taurinos, afirmando mesmo que “isto ainda pode piorar mais”, questionamo-lo se este apelo poderia ter a ver com a venda do direito de exploração do Campo Pequeno, tendo este respondido que “não concretamente ao futuro da exploração do Campo Pequeno, o que me preocupa muito, porque penso que o Campo Pequeno é o coração a festa, independentemente do número de corridas que dê ou venha a dar, será sempre o coração da festa, mas preocupa-me no seu todo. Preocupa-me a tauromaquia na sua globalidade e no que é a tauromaquia em Portugal. O Campo Pequeno independentemente do número de corridas, será sempre o coração da tauromaquia. E a primeira praça do país marcará sempre aquilo que será o toureio em Portugal.

 

Publicidade
Publicidade

Últimas