Nazaré encerrou a sua temporada com um bom espectáculo de touros

A Praça de Touros do Sítio da Nazaré recebeu, este sábado, a segunda e última corrida da sua temporada.

Em praça, os cavaleiros Marcos Bastinhas, Duarte Pinto e Francisco Palha frente a touros da ganadaria Passanha.

Actuaram, também, os Forcados Amadores de Santarém e Beja.

Marcos Bastinhas abriu a noite com uma actuação positiva mas sem romper rumo ao triunfo. Bem na brega, um excelente ferro curto e a culminar a actuação com o habitual par de bandarilhas, em terrenos interiores.

Duarte Pinto levou a cabo uma actuação com forte destaque na brega, escolha de terrenos acertada e num toureio clássico. Uma actuação positiva e que agradou ao público, destacando-se 3 curtos de boa nota.

Francisco Palha lidou, na verdadeira acepção da palavra, um touro que lhe colocou algumas dificuldades. O cavaleiro soube, através da resiliência, colocar em prática o seu conceito de toureio e pisar terrenos de compromisso, destacando-se dois curtos de excelente nota. Não se livrou de alguns toques na montada.

Marcos Bastinhas teve uma segunda lide de qualidade superior à primeira. O cavaleiro apostou numa brega de qualidade e vistosa, soube escolher bem os terrenos e cravou com correcção. Uma lide com marca Bastinhas, terminando com um par de bandarilhas, saindo apeado da arena. Destaque para o bandarilheiro Gonçalo Veloso pela forma eficiente e bonita como recebeu o touro.

Duarte Pinto esteve em plano de muito mérito, frente a um bom touro Passanha. O cavaleiro esteve seguro e com uma brega de muitos quilates, boa escolha de terrenos e cravagens ajustadas. Na terra da afición festiva, Duarte triunfou com elegância e classe.

Francisco Palha arriscou e conseguiu colocar em erupção o vulcão da Nazaré. Uma lide toda baseada em cravagens a pisar terrenos de compromisso. Uma actuação em crescendo e com 3 cravagens curtas de excelente nota.

Pelos Amadores de Santarém, foram à cara Francisco Cabaço (2ª tentativa), Francisco Paulos (1ª tentativa) e Manuel Almeida (1ª tentativa).

Pelos Amadores de Beja, foram à Luís Eugénio (4ª tentativa), Francisco Patanica (2ª tentativa) e Tiago Graça, que pegou à sua primeira tentativa, depois de dobrar José Fialho, que tentou por duas vezes.

A Praça de Touros do Sítio da Nazaré registou boa afluência de público, de acordo com as novas directivas das entidades de saúde.