Segunda-feira, Agosto 15, 2022
Publicidade
InícioNotíciasO Sol, a peneira e a Alice que quer viver no país...

O Sol, a peneira e a Alice que quer viver no país das maravilhas….

Confesso que não queria, mas não queria mesmo voltar ao tema da relação da imprensa com os intervenientes no espetáculo taurino, mas puxam-me pela língua e lá terá que ser. 

Esta semana um jovem aficionado Luís Godinho, pessoa que convidei para ir dando a sua opinião, escreveu um artigo sobre o que faltava na Festa Brava, poderei eu dizer que falta muito, mas ele focou-se no Toiro, pois é o elemento fundamente da festa.  

Sendo o Luís um jovem aficionado descomprometido de interesses ou de ligações com qualquer tipo de interveniente da festa, exprimiu aquilo que lhe ia na alma, aficionada, mas principalmente exprimiu e relatou o que infelizmente se passa na festa. 

 Infelizmente também uma plataforma qualquer contra as touradas utilizou algumas frases deste artigo para atacar. Facto que lamento, mas que é impossível controlar este tipo de coisas, pois o site está aberto a todos e não conseguimos controlar quem entra e quem sai. 

Ora perante este facto, da utilização abusiva de conteúdos do site Toureio.pt, vieram logo alguns taurinos, um deles até com responsabilidades numa associação criticar a utilização de certos termos no artigo, dizendo mesmo “cada vez mais devemos exaltar o que é bom na festa e debater e refletir o mau a nível interno.”, ora perante isto devo dizer que concordo e discordo, parece confuso, mas irei explicar. 

Ora bem, quando digo que concordo, refiro-me à parte em que devemos enaltecer o que é bom na festa, pois como em tudo, o que é bom é para se mostrar e a festa ainda tem muita coisa boa. Agora não podemos é dizer que está tudo bem só para que esse ditos anti-touradas não veja e é ai que discordo som a frase e até mesmo deixo de compreender essas pessoas que nos interpelaram. Ora se estas pessoas estão sempre a criticar a imprensa porque não diz a verdade e quando a imprensa o faz, é criticada também? Então em que ficamos? Ou será que só queremos que se diga as verdades dos outros, e as nossas verdades sejam tapadas? 

Pois bem, devo dizer que no Toureio.pt estamos para dizer a verdade seja ela boa ou menos boa, para bem da Festa Brava. Não é tapando o sol com a peneira que a defendemos, porque se nos descuidarmos quando a peneira destapar o sol a festa pode já não existir e não é isso que eu quero! 

Mas voltando à frase que mencionei dita por essa pessoa com responsabilidades numa associação, há outra parte com que fico com duvidas, pois essa pessoa afirma “devemos debater e refletir o mau a nível interno” e eu pergunto em que parte entra a imprensa? Eu pergunto isto porque sempre que há uma reunião entre todas as associações existentes na Festa Brava, para discutir muitos problemas, a imprensa nunca é convidada, não digo para fazer reportagem, mas também para dar o seu ponto de vista. Ou será que só se lembram da imprensa para a criticar, para a ameaçar quando se diz a verdade ou até para pedir divulgação de eventos? E já agora, o que é discutir internamente? É fazer arranjinhos, combinar trocas de atuações, vetar quem quer continuar ou entrar numa associação? Se assim for, não contem com o Toureio.pt para isso. 

Como já disse, para mandar areia para os olhos dos aficionados, aqueles que pagam bilhete, não contem com o Toureio.pt, estaremos cada vez mais atentos ao que se vai passando, não para depois vir para a praça publica dizer mal ou com insinuações, não com o intuito destrutivo, mas sim com a intenção de defender a Festa Brava! 

É para isso que existimos há 13 anos, Defender a Festa Brava!

Publicidade
Publicidade

Últimas