Quarta-feira, Maio 22, 2024
Publicidade
InícioEntrevistas“O touro que transmite não tem encaste, o touro que transmite é...

“O touro que transmite não tem encaste, o touro que transmite é de qualquer encaste”, diz João Telles Jr (c/som)

Como já noticiámos, a Praça de Touros do Campo Pequeno recebeu esta quinta-feira, 5 de julho, uma corrida de touros mista.

Na parte a cavalo atuou o cavaleiro João Telles Jr, que em declarações ao Toureio.pt disse que era “uma corrida importantíssima para toda a afición, para toda a temporada e sobretudo para mim, que era para jogar tudo. Joguei e felizmente as coisas saíram.”

Analisando a suas lides, Telles Jr diz que “na primeira lide um touro era mal visto, que nunca me deu essas indicações no campo, e aqui senti isso. Mas acho que correu bem, dei a cara, o cavalo dos curtos esteve francamente bem, escorreguei uma vez, mas acho que estive bem e cravei ferros bastante bons. Nesta segunda acho que esteva a roçar as lides que nós sonhamos e queremos porque foi sempre a mais. O cavalo de saída esteve perfeito, o dos curtos esteve extraordinário, lidaram muito, senti-me a gosto, senti o público entregue e saio daqui bastante satisfeito.”

Questionado sobre os touros que teve pela frente, João Telles Jr diz que “hoje em dia fala-se muito dos encastes, há quem goste mais de um, quem goste mais de outro. Mas o touro que transmite não tem encaste, o touro que transmite é de qualquer encaste e hoje viu-se isso. Um encaste que muita gente diz que não transmite hoje transmitiram muito. E eu só tenho que agradecer por isso.”

No final o Toureio.pt falou também com Pedro Coelho dos Reis, Cabo do Aposento da Chamusca, este referiu-nos que “era uma corrida de muita responsabilidade, uma corrida em que o grupo tinha muita expectativa, é daquelas corridas em que dá gosto estar incluído neste cartel, mas a verdade é que teve duas fases. Tivemos a primeira pega em que com um touro que talvez nem viesse muito investido com o forcado, o forcado conseguir por o touro com ele, reuniu e a pega foi concretizada à primeira. Este segundo touro, que para mim saiu bem e estava óptimo, o que me parece é que o forcado da cara não conseguiu reunir, não conseguiu fechar-se com o touro e não havendo reunião é muito complicado, ou impossível, a pega ser concretizada. Não correu como nós gostaríamos, esta última pega.”

 

Publicidade
Publicidade

Últimas