Salgueiro da Costa falou sobre a sua actuação em Mourão e disse que “estava-me a apetecer e quando assim é, e a motivação é grande, as coisas acontecem” (c/som)

A Praça de Touros de Mourão recebeu, este sábado, o primeiro espectáculo taurino da temporada portuguesa.

No final o Toureio.pt falou com João Salgueiro da Costa, que começou por dizer que “vinha com esse desejo, tinha saudades de tourear, estava-me a apetecer e quando assim é, e a motivação é grande, as coisas acontecem”, acrescentando que “houve atitude, os cavalos estão num bom momento.”

O jovem cavaleiro disse ainda que “fiquei muito contente com o “Jique”, um cavalo da minha coudelaria, que hoje utilizei aqui de saída e que muito me entusiasma para o resto da época”.

Questionado se esta sua boa actuação seria um bom pronuncio para a sua temporada, João Salgueiro da Costa afirmou que “sim, desde há duas ou três temporadas que as coisas têm vindo a desenvolver-se de forma positiva e espero que este ano continue”.

Já sobre o tema que também marcou este festejo, o estado da arena, Salgueiro da Costa salientou que “é verdade o piso escorregava muito, foi bem visível, os esbarroes que tinha a praça, mas pronto, felizmente nenhum de nós caiu e isso é o mais importante.”

Sobre as suas próximas actuações, apenas adiantou que “próxima actuação é em Beja, dia 14 de Março, um festival de grande importância em que todos os aficionados devem marcar presença.”