Sector Tauromáquico indignado. Primeiro Ministro exclui tauromaquia em reunião para decidir a retoma gradual dos eventos de massas

A Tauromaquia está mais uma vez de fora das reuniões com o Governo, no que diz respeito à negociação de como poderá começar a retomar a actividade normal possível, algo que está a indicar o sector Tauromáquico.

Esta terça-feira o Primeiro Ministro vai realizar um conjunto de reuniões de trabalho com os principais representantes, promotores e/ou responsáveis por eventos de grandes afluências de público – eventos de massas – como sejam os espetáculos musicais e os desportivos, sendo que excluiu o sector Tauromáquico.

O Toureio.pt contactou o Presidente da Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos, Paulo Pessoa de Carvalho, que desconhecia a realização destas reuniões e apenas nos disse que “estou muito indignado, pois não fomos convidados para nada”.

Segundo o Gabinete do Primeiro Ministro, o objectivo destas reuniões “perspetivar o futuro próximo e trabalhar em conjunto para procurar encontrar as melhores condições de retoma gradual destes eventos, em contexto de crise Covid-19.”

Assim, o Primeiro-Ministro recebe amanhã, terça-feira, 28 de abril, pelas 15h30, os principais empresários promotores dos maiores festivais de música no contexto da crise do novo coronavírus. Estarão presentes, a convite do Primeiro-Ministro: Álvaro Covões (“Everything is New” – NOS ALIVE); Roberta Medina (“Better World” – ROCK IN RIO); Luis Montez (“Música no Coração” – MEO SUDOESTE, SUPER BOCK SUPER ROCK, etc.); João Carvalho e Filipe Lopes (“Ritmos” – NOS PRIMAVERA SOUND,VODAFONE PAREDES DE COURA); Jorge Lopes (MEO MARÉS, Pavilhão Rosa Mota). Da parte do Governo estarão presentes, além do Primeiro-Ministro, o Ministro de Estado da Economia e da Transição Digital, a Ministra da Cultura e a Ministra da Saúde.

A partir das 17h, o Primeiro-Ministro terá reuniões de trabalho com Instituições Olímpicas, Desportivas e Clubes de Futebol. Em análise estará o modo de preparação, em segurança, da fase de regresso gradual à atividade desportiva, a avaliação sobre o reinício dos treinos, das provas e das competições, as respostas às exigências de proteção dos atletas e demais trabalhadores, e, naturalmente, a segurança para o público e adeptos, em contexto Covid-19.

O Primeiro-Ministro reunirá primeiro com as Instituições Olímpicas e Desportivas, estando presentes o Comité Olímpico de Portugal (José Manuel Constantino, Presidente); o Comité Paralímpico de Portugal (José Manuel Lourenço, Presidente) e a Confederação do Desporto de Portugal (Carlos Cardoso, Presidente).

Pelas 18h, o Primeiro-Ministro terá uma reunião com a Federação Portuguesa de Futebol (Fernando Gomes, Presidente, e Tiago Craveiro, Diretor-geral) que se faz acompanhar a seu pedido pelos Presidentes do Futebol Clube do Porto (Jorge Pinto da Costa, Presidente); Sport Lisboa e Benfica (Luis Filipe Vieira, Presidente) e Sporting Clube de Portugal (Frederico Varandas, Presidente). O tema central da reunião é analisar em que termos pode ser efetuada a retoma dos campeonatos profissionais e o levantamento de restrições na área do desporto. Da parte do Governo estarão presentes, além do Primeiro-Ministro, o Ministro de Estado da Economia e da Transição Digital, o Ministro da Educação e a Ministra da Saúde.

Assim, esta terça-feira o dia será dedicado aos eventos que reúnem grande numero de pessoas e ficando assim de fora destas reuniões o sector Tauromáquico, ficando assim numa incógnita como poderão as corridas de touros retomar a sua actividade.